(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

CREA/GO: Candidatos pedem votos e apresentam propostas em Anápolis

Geral Comentários 17 de outubro de 2014

Dois concorrentes à presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia,, expuseram projetos para os profissionais anapolinos


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Goiás (CREA/GO), escolherá o seu novo presidente, na eleição que vai acontecer no dia 19 de novembro próximo, envolvendo em torno de 23 mil profissionais goianos. Anápolis é o segundo município com maior número de profissionais nas áreas de abrangência do Conselho, ficando atrás apenas de Goiânia.
Dois candidatos estão na disputa pela presidência: o engenheiro agrônomo Francisco Antônio Silva de Almeida e o engenheiro civil Idalino Serra Hortêncio. A convite do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Anápolis (Sicma), eles apresentaram as suas propostas para os profissionais do Município. O encontro com os candidatos ocorreu em separado, na terça e na quarta-feira (dias 13 e 14), no mini-auditório do Senai.
O engenheiro agrônomo Francisco Almeida foi o primeiro a se reunir com os profissionais anapolinos. Em entrevista, ele destacou que foi presidente do CREA/GO em dois mandatos e que, nesta eleição, está trazendo “uma proposta de mudança, de up grade na engenharia”, para que o sistema tenha capacidade de mostrar a importância do profissional para a sociedade. “Quando a sociedade está contratando um profissional, ela está contratando segurança, qualidade e economia e isso precisa ser fortalecido”, defendeu, propondo, ainda, dinamizar as atividades da inspetoria de Anápolis que, conforme disse, só tem hoje a sede. “Nós queremos dar autonomia para que a inspetoria possa trabalhar e começar a discutir os problemas da cidade”, frisou. “Nós temos aqui mais de mil profissionais e queremos que o CREA/GO seja ativo, que participe mais da vida de Anápolis e de sua população”, resumiu.
O engenheiro civil Idalino Hortêncio ressaltou que o atual presidente do Conselho, Gerson de Almeida Taguatinga, tem realizado uma boa gestão e que a sua candidatura pretende dar continuidade e melhor este trabalho, “com a evolução do processo de interiorização, com modernização da tecnologia de informação e a melhoria da imagem da ´cara´ do CREA/GO”, pontuou. “O CREA já é forte internamente, mas nós precisamos leva-lo para mais próximo das pessoas, da sociedade”, emendou. Em relação a Anápolis, o candidato lembrou que o Município já foi contemplado no processo de interiorização com a sua inspetoria, inclusive, com um padrão diferenciado para atender as demandas locais. “Mas nós queremos, sobretudo, fazer um trabalho também com os nossos profissionais, para que eles possam estar inseridos nas discussões sobre os projetos que envolvem o interesse dos mesmos, porque nós não podemos deixar que pessoas não habilitadas exerçam as nossas atividades. “Nós temos hoje grandes obras sendo realizadas em Anápolis e nós precisamos estar mais próximos do poder público e da sociedade discutindo tudo isso”, conclamou.

Processo Eleitoral
Engenheiros, agrônomos, geólogos, geógrafos, meteorologistas, técnicos de nível médio e tecnólogos registrados nos 27 Creas e que estiverem em dia com suas obrigações terão o direito de escolher, pelo voto direto, os seus representantes para o triênio 2015/2017. Os cargos em disputa são para presidente do Confea, para presidentes dos 27 Conselhos Regionais (Creas); conselheiros federais (não havendo vaga para Goiás neste pleito) e diretor-geral e diretor-administrativo das Mútuas - Caixas de Assistência dos Profissionais dos Creas. O maior sistema profissional do país é composto por mais de um milhão de profissionais.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Construtores vão arrecadar doações

24/11/2017

No início da noite da última terça-feira,21, foi realizada a solenidade de lançamento de mais uma edição do projeto ACA...

Genérico contra o câncer de próstata

24/11/2017

Os pacientes que enfrentam o câncer de próstata poderão contar com mais uma alternativa de tratamento: na próxima segunda...

Médica anapolina no comando de UTI

24/11/2017

A médica Ludhmila Hajjar vai assumir a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês, em Brasília. Bastant...

Lei institui o programa MP de Olho na Bomba

24/11/2017

Foi publicada no Diário Oficial de Goiás da última terça-feira, 21, a Lei nº 19.888, que aprova o projeto MP de Olho na ...