(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Crack: Acusado tinha estoque de 400 pedras

Geral Comentários 23 de setembro de 2011

Mais uma grande apreensão de drogas aconteceu em Anápolis


Mais uma grande apreensão de drogas aconteceu em Anápolis. Na última quinta-feira,22, agentes do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos da Polícia Civil (Genarc) prenderam um homem, cuja identidade não foi revelada, porque o caso ainda está em investigação, com 400 pedras de crack.
A apreensão da droga aconteceu em uma residência localizada no setor Residencial Itatiaia. Conforme as informações fornecidas pelo Genarc a droga estava dentro de uma bolsa encontrada na casa do suspeito de tráfico, cuja idade é de 41 anos. Pelo que foi apurado, ele fornecia a droga para garotas de programa da região.
O delegado Alex Nicolau Nascimento disse não ter ainda informações sobre a origem da droga. Um fato que chamou atenção é que o homem não tinha passagem pela polícia. Como a Cadeia Pública ainda não está recebendo presos, devido à superlotação, o acusado seria encaminhado para a Casa de Prisão Provisória, em Aparecida de Goiânia.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....

Projeto da sede do MP tem significativo avanço

12/04/2017

A proposta de se definir uma nova sede para as promotorias de Justiça em Anápolis (hoje funcionando em um edifício da Aven...

Advogados receberam a Caravana Nacional de Prerrogativas

07/04/2017

Morosidade do Poder Judiciário; desrespeito por parte de autoridades policiais, juízes, promotores; porte de arma; e até o...