(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Convênio acelera projeto do trem de média velocidade

Transporte Comentários 29 de junho de 2012

Projeto prevê que distância de 190 km entre as cidades poderá ser feito em uma hora a uma velocidade média de 150 kmhora


A viabilização da linha de trem Brasília-Anápolis-Goiânia para uso misto (transporte de carga e passageiro), defendida pelos governos de Goiás e do Distrito Federal e que conta com o aval do governo Federal, ganhou novo impulso na última quinta-feira,28. Na sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT – foi assinado o Protocolo de Intenções que tem por objetivo unificar ações e definir as regras para os estudos iniciais e a modelagem para concessão e operação da linha. No mesmo ato, foi instituído um Comitê Técnico da Ferrovia, sob a coordenação da Sudeco, ao qual caberá avaliar todos os estudos e projetos já realizados e gerir as ações previstas pelo grupo.
O Protocolo de Intenções foi assinado pelo governador Marconi Perillo, pelo vice-governador do Distrito Federal, Tadeu Filipeli, pelo secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Navarro Garcia, pelo secretário de gestão de programa de transportes do Ministério dos Transportes, Giuliano Molinero, pelo diretor-superintendente da Sucedo, Marcelo Dourado, pelo diretor-geral da ANTT, Ivo Borges de Lima, pelo diretor-presidente da Valec, José Eduardo Saboia Castello Branco, e pelo Diretor-Geral de infraestrutura do Dnit, Mário Dirani.
De acordo com estudos preliminares de viabilização da malha ferroviária Goiânia-Brasília, a expectativa é que o trajeto de 190 quilômetros entre as duas capitais seja feito em uma hora, com velocidade média de 150 Km/h.
Diretor superintendente da Sudeco, Marcelo Dourado disse que estudos do IBGE e do IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, apontam que até 2027 a região terá 20 milhões de habitantes e será a segunda conurbação do país e a região brasileira com um dos maiores PIBs per capita, daí a importância do trem para o transporte de cargas e passageiros.
Em seu pronunciamento, o governador Marconi Perillo acrescentou que o eixo Goiânia-Anápolis-Brasília já conta com quase 7 milhões de habitantes e que, até 2025, deverá registrar uma concentração populacional estimada em 20 milhões de pessoas. “Essa ferrovia vai possibilitar uma maior integração dessa população nas áreas cultural, educacional e econômica”, salientou.
Marconi considera que o projeto não é difícil de ser concretizado. Ele estima que a obra total, hoje, tem custo de R$ 700 milhões. Pra viabilizar os recursos, se disse disposto a destinar toda a quota de Goiás do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste, cujo valor para todos os estados da região deve alcançar R$ 1,5 bilhão.
Dirigindo-se ao superintendente da Sudeco, o governador o autorizou a destinar toda a verba que caberá a Goiás para os projetos das ferrovias Brasília-Luziânia e Brasília-Goiânia. “Estamos colocando Goiás à disposição para compor a cesta de recursos para viabilizar o projeto. Colaboro com pelo menos R$ 100 milhões para o projeto. Se os demais parceiros colaborarem também, fica mais fácil para viabilizarmos os recursos necessários e colocar os trens nos trilhos em menos de quatro anos”, declarou.
A solenidade ocorrida nesta manhã na sede da ANTT foi prestigiada ainda pela senadora Lúcia Vânia, de Goiás, e pelos senadores Rodrigo Rolemberg e Gim Argelo, do Distrito Federal. (Fonte: Gabinete do Governo de Goiás)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Transporte

Frota terá gestão inteligente em breve

30/11/2017

O vereador João da Luz (PHS) repercutiu durante a sessão da Câmara Municipal realizada na última segunda-feira, 27, a vi...

Passagem reajustada após 18 meses

03/11/2017

Depois de, exatamente, um ano e meio, o valor da tarifa do transporte coletivo, em Anápolis, sofreu novo reajuste. A passage...

Passe livre estudantil para 15 mil estudantes em Anápolis

03/08/2017

Centenas de jovens lotaram o auditório do Senac, na tarde desta quinta-feira,03, para acompanhar a solenidade oficial de lan...

Gratuidade no transporte público ganha nova regulamentação

20/07/2017

Foi publicado no Diário Oficial da última quarta-feira,19, o Decreto nº 41.699, regulamentando a Lei Municipal nº 3.824, ...