(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Consumo de cafeína deve ser controlado

Saúde Comentários 21 de junho de 2013

Você tem o hábito de tomar café? É do tipo de pessoa que só acorda depois de uma generosa dose de cafeína? Então, fica o alerta: essa bebida, adorada por muitos, pode causar algumas desordens psicológicas, de acordo com pesquisa divulgada no portal Live Science durante um evento dedicado à saúde mental.


Você tem o hábito de tomar café? É do tipo de pessoa que só acorda depois de uma generosa dose de cafeína? Então, fica o alerta: essa bebida, adorada por muitos, pode causar algumas desordens psicológicas, de acordo com pesquisa divulgada no portal Live Science durante um evento dedicado à saúde mental.
A intoxicação por cafeína foi citada por pesquisadores entre as inúmeras desordens psicológicas e psiquiátricas existentes. Entre os sintomas desse tipo de distúrbio estão inquietação, nervosismo, desconfortos gastrointestinais, contrações musculares, discursos desconexos, insônia e arritmia cardíaca.

Intoxicação
De acordo com os pesquisadores, uma pessoa que identifique a presença de cinco ou mais sintomas como os citados acima poderia ser diagnosticada com intoxicação por cafeína. Nesses casos, o paciente ainda deverá passar por testes para identificar a presença de sentimentos de aflição e o prejuízo funcional de algumas habilidades básicas.
Muitas dessas características de intoxicação por excesso de café já eram conhecidas, mas o que é novo agora é a atenção voltada àqueles que param bruscamente de consumir cafeína. Nesses casos, os sintomas são descritos pela presença de dores de cabeça, fadiga, dificuldade de concentração e humor depressivo.

Abstinência
O café é considerado a droga com efeitos comportamentais mais usada em todo o mundo, com a diferença de que muitas pessoas ainda não sabem que o consumo de cafeína pode causar dependência e que, consequentemente, a descontinuidade brusca acarreta em crises de abstinência, que, no caso da substância, têm sintomas naturalmente passageiros.
A cafeína é conhecida por sua capacidade de melhora de desempenho, já que nos mantêm mais alertas e acordados. Essa substância estimulante pode ser encontrada em doses de café, chá, chocolate, energéticos, comprimidos para dores de cabeça e bebidas alcoólicas.
O fato é que, como tudo na vida, a cafeína deve ser consumida de forma moderada. Estudos mais antigos já analisaram casos raros de morte pelo abuso dessa substância, já que é possível ter overdose de café – com o consumo de 80 a 100 xícaras da bebida em um intervalo curto de tempo.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Anápolis tem alta incidência de sífilis

20/10/2017

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou o Boletim Epidemiológico da Sífilis, publicação técnica da Coordenação Estad...

Goiás registra queda nos casos de catapora

05/10/2017

A catapora, cientificamente chamada varicela, é uma infecção viral primária, aguda, altamente contagiosa, caracterizada p...

Protesto contra a falta de insulinas

28/09/2017

A falta de regularidade na dispensação de insulinas e insumos aos diabéticos cadastrados em um programa mantido pela Prefe...

Região de Anápolis mantém baixa em novos casos de dengue

21/09/2017

Anápolis pode fechar 2017 com bons indicadores em relação à dengue. Desde o início do ano, o Município mantém uma baix...