(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Consumidor anapolino aposta na tradição

Geral Comentários 10 de junho de 2011

É o que revela a pesquisa de intenção de compras da CDL para o Dia dos Namorados. Embora não se queira fugir ao tradicional, a tendência é de um gasto médio maior em relação a 2010 na aquisição do presente


Os sites de busca na internet têm centenas, talvez milhares de páginas com dicas para o presente no Dia dos Namorados (12 de junho). O Blog da Mulher, por exemplo, relaciona alguns itens como uma cesta de queijos e vinhos, uma coleção de CD ou DVDs do cantor preferido do namorado, um kit esportivo com a camisa do clube que ele torce até presentes mais caros como corrente de ouro com as iniciais do nome da pessoa amada, é claro.
O presente para a namorada, também, tem uma lista quase infinita de sugestões. O site Dica de Presentes apresenta indicações, dentre elas flores, jantar romântico, roupas, viagem, celular até um presentinho que não custa nada e não pode faltar: carinho. Há quem aposte em sugestões mais ousadas, como um salto de pára-quedas, um fim de semana numa praia paradisíaca ou, um cruzeiro em alto mar. O fato é que presentear no Dia dos Namorados é uma tradição forte no Brasil. E o comércio faz as suas apostas para aumentar as vendas e proporcionar alegria a eles.
Todos os anos a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis realiza uma pesquisa para auxiliar os comerciantes a desenvolverem as suas estratégias para esta data, que é muito importante no calendário das vendas. No mês de maio último, a pesquisa da CDL entrevistou 400 consumidores, com o objetivo de conferir as tendências dos consumidores em relação a essa data.
A pesquisa mostra um consumidor mais propenso a não fugir do usual: 23% dos entrevistados manifestaram que pretendem presentear o (a) namorado (a) com peças de vestuário; 11% com perfume, 9% com celular e 8 % com calçados. Quando perguntados sobre o que gostariam de ganhar, a resposta foi: 31% vestuário; 18% qualquer coisa, 12% calçados e, 8% perfume. Um fato curioso é que 42% dos entrevistaram manifestaram que não pretendem presentear ninguém, enquanto 27% vão presentear o cônjuge, 20% o namorado ou a namorada, 6% o noivo ou a noiva, 5% os “ficantes”. Esse último grupo, certamente, composto pelos mais jovens e que são aquelas pessoas que ficam juntas uma ou poucas vezes sem ter exatamente um compromisso de namoro. Coisas da vida moderna.
Mas, a pesquisa procurou saber também quanto e onde o consumidor anapolino pretende gastar para presentear a pessoa amada. A maioria, 36% dos entrevistados, demonstrou que os gastos serão mais contidos, entre R$ 50 a R$ 100; para 24% os gastos serão de R$ 100 a R$ 200; 20% poderão gastar de R$ 200 a R$ 500; 2% acima de R$ 500 e 7% dos entrevistados não souberam responder. O valor médio a ser gasto deve girar em torno de R$ 203,92, segundo a pesquisa. Aliás, um valor muito superior à média apurada em 2010, que foi de R$ 153,98. 57% dos entrevistados disserem que pretendem gastar no comércio tradicional, enquanto para 22% a preferência é pela compra em shoppings centers. Já uma parcela significativa de 8% prefere comprar pela internet; 5% em galerias e 3% em camelódromos. Enquanto isso, 81% dos entrevistados revelaram que pretendem pagar o presente à vista; 10% pelo cartão de crédito e 9% pelos crediários de lojas e financeiras.
A pesquisa foi coordenada pelo economista Márcio Dourado Rocha, e realizada com uma amostra aleatória de 400 consumidores, ouvidos em pontos onde ocorrem as maiores concentrações de vendas na cidade, no período de 19 a 24 de maio de 2011. A metodologia adotada para a escolha total da amostra apresenta um índice de confiança de 95% e um erro amostral de 4,33%.

O que gostaria de dar
• 38% Não sabem
• 23% Vestuário
• 11% Perfume
• 9% Celular
• 8% Calçado
• 4% Flor
• 3% Acessório
• 2% Jóia
• 1% Relógio
• 1% Viagem


O que gostaria de receber
• 31% Vestuário
• 18% Qualquer coisa
• 12% Calçado
• 12% Outros
• 8% Perfume
• 6% Flores
• 5% Noite Romântica
• 4% Acessório
• 4% Jóia

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...