(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Conselho Tutelar: Definidos os nomes que vão participar da eleição

Cidade Comentários 17 de julho de 2015

Processo de escolha é similar aos pleitos políticos, porém, com critérios bem mais rígidos. Participação do eleitor é facultativa


A maioria das pessoas conhece ou, de alguma forma, já precisou recorrer ao Conselho Tutelar, órgão público permanente e autônomo criado pela Lei 8.069/1990, o Estatuto da Criança e do Adolescente, cuja missão é zelar pelo cumprimento dos direitos e garantias legais de atendimento à infância e adolescência. Por outro lado, pouca gente sabe que pode participar na escolha dos conselheiros, através do voto direto. O processo eleitoral é semelhante ao de uma eleição normal, só que os candidatos têm um nível de exigência muito maior para disputar os cargos.


Em Anápolis, são dois Conselhos Tutelares- Leste e Oeste- cada qual composto por cinco membros titulares e igual número de suplentes. A eleição para a renovação dos conselhos vai acontecer no dia 04 de outubro próximo, no período das 08 às 17 horas. E os candidatos, em número de 25 (veja no box os nomes dos concorrentes divulgados na nominata definitiva) terão, inclusive, de fazer campanha para buscar o voto dos eleitores.


O processo eleitoral é conduzido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, presidido por João Gomes dos Santos. No mês de fevereiro último, o CMDCA, expediu uma resolução regulamentando o pleito. Foi, então, formada uma comissão eleitoral, que é presidida pela conselheira Maristela Rodrigues da Silva e conta com um total de oito membros.


Os requisitos para concorrer à vaga de conselheiro são: ter idade mínima de 21 anos; possuir o ensino médio completo; estar em dia com as obrigações eleitorais; ter residência no Município a partir de cinco anos; ter comprovada idoneidade moral, comprovada por meio de certidões; ter atestada normal sanidade física e mental; ter atuação profissional ou voluntária de no mínimo dois anos em áreas de estudo e pesquisa; atendimento direto; colaboração ou assessoria a entidades que desenvolvam serviços ou programas específicos de promoção ou defesa dos direitos da criança e do adolescente.


Passada a primeira “peneira”, ou seja, a de cumprimento dos requisitos básicos, aí sim os candidatos podem se inscrever, fazer uma prova objetiva de aferição de conhecimento sobre direitos da criança e do adolescente e de questões gerais sobre o Município de Anápolis, no caso, com um índice de acerto de no mínimo 60% do total das questões. Depois, o candidato passa ainda por uma avaliação psicotécnica e, então, são aptos para buscar o voto perante a comunidade local.


O processo eleitoral do Conselho Tutelar é conduzido pelo CMDCA, sob a supervisão do Ministério Público. Como em qualquer eleição, são formadas as mesas receptoras de votos. Em Anápolis, devido ao número de eleitores ser superior a 200 mil, há estimativa de uso de 20 urnas eletrônicas, que serão solicitadas junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Caso não seja possível, a votação será por meio de cédulas de papel, constando em ordem alfabética o nome dos candidatos. Casa sessão de votação contará com quatro mesários.


Poderão votar todos os eleitores que apresentarem, no dia do pleito para escolha dos conselheiros tutelares, documento oficial com foto e título de eleitor do município de Anápolis.  Como em qualquer eleição, é proibida a “boca-de-urna”. Em seguida à votação, será feita a apuração dos votos, sendo eleitos os 10 mais votados para os dois conselhos. Conforme o regulamento, o CMDCA regulamentará a composição dos conselhos Leste e Oeste, observando: os primeiros colocados com preferência declarada na ficha de inscrição; a necessidade do Conselho Tutelar e o endereço domiciliar do eleito.


 


Nominata Definitiva de Candidatos a Conselheiros Tutelares


 


I – Conselho Tutelar Região Oeste


Célia Beatriz Dias dos Santos


Cleusa Pereira Batista


Felipe Alves Bobato


Josué Gonçalves Costa


Kety Coelho Guimarães


Lucas Soares Rodrigues


Maria Auxiliadora Pereira Barbosa


Maria Cecília Pereira Moscardini


Maria José Caetano Rodrigues


Michelle Karine Felipe


Napoleão Antonio Ferreira Caixeta


Rosiane Rafaela Costa


 


II – Conselho Tutelar Região Leste


Adriana Lima


Adriane Lourdes Gava e Vale


Dábia Evellyn de Carvalho Bento


Daniela Mendes Khoury


Éber Bonifácio da Silva


Etiene Garcez Machado


Filomena Ferreira Teodoro


Joanan Alves Fernandes


Paula Carolina de Lima


Roney Gomes dos Santos


Rozane Alves Bobato de Oliveira


Sudário Berto de Souza


Viviane Gonçalves Patrício

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...