(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Conjunto enfrenta problemas antes da ocupação plena

Cidade Comentários 09 de abril de 2011

Falta de infraestrutura para atender, de imediato, a mais de mil famílias que vão povoar o novo núcleo, gera polêmica entre vereadores e secretários municipais


Nem ainda foi completamente ocupado pelas famílias selecionadas, o Residencial Copacabana, com 1.135 casas vem sendo objeto de polêmica, devido à falta de alguns equipamentos urbanos indispensáveis e que, só agora, estão sendo providenciados. Dentre eles, a oferta de vagas para crianças e adolescentes do ensino fundamental, tendo em vista a saturação das escolas já existentes na região Oeste de Anápolis, onde se situa o novo núcleo habitacional. Outra queixa é a falta de postos de saúde nas imediações, assim como a ausência de praças públicas, quadras esportivas e outros atrativos. O conjunto foi entregue há menos de um mês e já tem mais de 700 imóveis ocupados. Os demais vão recebendo seus moradores de forma paulatina, independentemente de qualquer solenidade. A seleção feita pela Prefeitura é confirmada pela Caixa Econômica Federal, financiadora do projeto, dentro do programa “Minha Casa, Minha Vida”, que tem outros conjuntos em construção na Cidade.
Esta semana o assunto ganhou mais consistência através de um pronunciamento da vereadora Gina Tronconi (PPS) na Câmara Municipal. Segundo ela, se não forem tomadas providências no sentido de se equiparem os conjuntos construídos pelo Governo Federal, com o apoio da Prefeitura, corre-se o risco de uma “favelização de Anápolis”, termo que não agradou à bancada de sustentação do Prefeito no Legislativo. A parlamentar justificou a colocação, assegurando que não se trata de medida pejorativa. “É que, não se pode criar conjuntos habitacionais desprovidos de equipamentos essenciais ao bem estar da comunidade. No Copacabana está faltando muita coisa e nem o fornecimento de água potável é garantido, pois o abastecimento depende da estação de tratamento de água do Distrito Agro Industrial de Anápolis que, definitivamente, não tem esta finalidade. Sem contar o fato mais grave que é a falta de vagas nas escolas próximas. Centenas de crianças têm de se deslocar para grandes distâncias, estudando em escolas de outros bairros, o que encarece, e muito, o orçamento das famílias que têm de pagar pelas passagens”, disse a vereadora.

A defesa
Os vereadores da bancada de sustentação ao Prefeito Antônio Gomide refutam a tese, assegurando que o Governo Municipal está dando toda a assistência para que o Residencial Copacabana se enquadre nos moldes corretos de urbanismo. “É um conjunto novo e, evidentemente, não tem todos os recursos indispensáveis. O importante é que a Prefeitura está trabalhando lá, já tendo providenciado iluminação pública, coleta de lixo, transporte urbano e outros serviços”, disse o líder do Prefeito na Câmara, Sírio Miguel Rosa (PSB).
Também o Chefe de Gabinete do Prefeito, advogado Céser Donizeth disse que a Prefeitura não se descuidou do Conjunto. “Ele foi construído em 2009, há menos de dois anos, portanto, e já conta com uma série de benefícios que outros bairros mais antigos ainda não têm, como o asfalto” disse ele. Além do mais, Céser Donizeth assegurou que o Governo Municipal está construindo uma creche e uma nova escola no Residencial. “Quando assumimos, a única escola da região funcionava em dependências cedidas. Agora, está sendo erigida uma unidade modelo. Também a região não é desprovida de atendimento médico/ambulatorial. Basta lembrar que bem próximo dali funciona o CAIS “Abadia Fonseca” e pelo menos dois bons postos de saúde. “Claro que ainda não é o ideal, mas estamos cuidando para que novos investimentos sejam introduzidos naquele conjunto habitacional.”, disse o Chefe de Gabinete.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Evangélicos de várias denominações vão para as ruas neste sábado

08/12/2017

O Conselho de Pastores de Anápolis, com o apoio de diversas igrejas do Município, realiza, neste sábado, 09, mais uma edi...

Projeto “Natal de Coração” democratiza festa social

01/12/2017

O Prefeito Roberto Naves e a Primeira-Dama, Vivian Cristina Albernaz Naves lançaram, na noite da última quarta-feira, 29, a...

Secretaria do Meio Ambiente volta a plantar ipês na Avenida Brasil

30/11/2017

Um dos principais projetos de arborização já executado em Anápolis, o plantio de dez mil mudas de ipês amarelos na Aveni...

Décima Conferência Municipal de Saúde começa na 2ª feira com extensa pauta

30/11/2017

A 10ª edição da Conferência Municipal de Saúde (CMS) será aberta oficialmente na próxima segunda-feira, 04, no auditó...