(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Conclusão do projeto de duplicação ainda incerta

Trânsito Comentários 22 de janeiro de 2011

Obra resultante de parceria da Prefeitura com o Governo de Goiás, no ano passado, enfrenta impasses técnicos e, possivelmente, financeiros. Término do serviço não tem data definida


Anunciada como uma das mais importantes parcerias político/administrativas entre o Governo de Goiás e a Prefeitura de Anápolis em 2010, a duplicação do trecho da Avenida Pedro Ludovico, entre o Cemitério Parque e a conexão com a BR 060, na altura do Posto Presidente, em que pese já haver avançado bastante, ainda está longe da conclusão. A última notícia dá conta de que existem pendências a serem superadas em relação às obras da Ferrovia Norte Sul. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável, ainda restam ser executados projetos de captação de águas pluviais no vale onde foram instalados os trilhos, obra que seria de responsabilidade da empresa Valec. O Secretário Clodoveu Reis disse que, em virtude disso, não foram, ainda, concluídas todas as canalizações para o escoamento da água proveniente das chuvas que correm da parte alta do Vivian Park e bairros agregados, o que impede, por conseguinte, que a duplicação da Avenida seja efetivada em sua plenitude. E, se isto não ocorrer logo, corre-se o risco de estragos nas vias públicas por conta da força das águas.
Corre, ainda, nos bastidores da política, informação de que o Governador Marconi Perillo teria confidenciado ao Prefeito Antônio Gomide, em recente encontro dos dois, que o Estado não teria, atualmente, os recursos financeiros suficientes para o repasse de sua parte no convênio. Um vereador da base de sustentação disse ao CONTEXTO que a empresa responsável pela obra teria recebido, até agora, apenas 25 por cento do que lhe é devido. A duplicação da Avenida Pedro Ludovico foi elencada como obra prioritária para a racionalização do tráfego urbano das regiões Oeste e Sudoeste de Anápolis, servindo, ainda, como alternativa para o acesso à BR 060, que demanda a Goiânia. Com a pista duplicada, haveria o desafogo natural do trânsito na Avenida Brasil e, principalmente, na região do trevo de aceso ao DAIA. Isto, sem contar que, com o aumento da densidade demográfica (somente o Conjunto Copacabana, a ser inaugurado nas próximas semanas, tem mais de mil casas) daquela parte de Anápolis, é imperiosa a ampliação do sistema de escoamento do tráfego.

Mais problemas
E, como se não bastasse, as obras do trecho duplicado (que por sinal já está sendo utilizado) vêm recebendo críticas da população devido ao traçado e à concepção. Os retornos, ou “queijinhos’, como são mais conhecidos estes pontos de convergência, não obedecem à geometria necessária e ocupam parte da pista de rolamento. Devido a isso, invariavelmente, ocorrem acidentes com motoristas e, principalmente, motociclistas menos avisados. A empresa executora da obra assegura que não pode mexer no projeto tendo em vista já o haver recebido pronto. O próprio secretário Clodoveu Reis disse, também, que toda e qualquer reclamação, ou crítica, vai ter o acatamento e se houver necessidade tecnicamente comprovada, podem ser revistas partes do projeto. Os moradores da região têm clamado, ainda, por uma melhor sinalização de trânsito e, se possível, a instalação de barreiras eletrônicas, tendo em vista que, com a duplicação da pista, observou-se, também, a elevação no número de acidentes causados pelo abuso de velocidade.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Trânsito

Lei garante ações contínuas de educação no trânsito

26/10/2017

A partir de agora, Anápolis terá campanhas constantes de conscientização de respeito no trânsito. Com base na lei propos...

Campanha “Mão na Faixa” visa reduzir acidentes e mortes

26/10/2017

Reduzir acidentes, preservar vidas. Estes são os pilares da campanha “Mão na Faixa”, lançada pela Companhia Municipal ...

Semana Nacional registra redução de acidentes em ruas e rodovias

21/09/2017

A redução dos índices de violência no trânsito demonstra que as políticas públicas municipais de educação para o set...

Campanha conscientiza sobre o uso da faixa de pedestres

24/08/2017

A Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), através da diretoria de Educação, continua com ações de conscie...