(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Compra de novos caças pode estar próxima

Geral Comentários 16 de agosto de 2013

Unidades a serem adquiridas pelo Governo devem substituir os Mirage 2000 da Base Aérea de Anápolis


O comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, afirmou na terça-feira (13), que a presidente da República, Dilma Rousseff, tomará "em curto prazo" a decisão sobre a compra, pela Força Aérea Brasileira (FAB), de 36 aeronaves de caça estrangeiras, com transferência de tecnologia para o Brasil. Ele participou de um debate sobre o tema na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), juntamente com oficiais da Aeronáutica, senadores e deputados.
O presidente da CRE, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), explicou que o chamado Projeto FX-2 da FAB começou em 2001, tendo esse primeiro processo se encerrado em 2005 – por conta da conjuntura econômica nacional – sem a compra definitiva de caças. Ferraço relatou que foi adotada uma posição paliativa, com a compra de caças usados. Ele lembrou que os aviões de caça Mirage 2000 serão aposentados no último dia de 2013 e manifestou preocupação com o que chamou de “fragilidade do espaço aéreo” brasileiro.
- Essa situação coloca o país em um iminente apagão aéreo – alertou o senador, acrescentando que o Congresso Nacional confia na Aeronáutica.
Para Ferraço, a aquisição de aeronaves é importante para a posição estratégica do Brasil, que é uma liderança na América Latina, tem projeção mundial e almeja mais protagonismo na Organização das Nações Unidas (ONU). A nova fase do Projeto FX-2, explicou o senador, começou em 2008 e consiste na aquisição de 36 aeronaves de caça “de múltiplo emprego”, incluindo itens como os simuladores de voo correspondentes, a logística inicial e a transferência de tecnologia “necessária para a capacitação do parque industrial aeroespacial brasileiro no desenvolvimento de um caça de quinta geração”.

Monitoramento
O comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, disse que, o país possui equipamentos compatíveis para fazer face às necessidades da defesa nacional. Ele ressaltou, porém, que o projeto FX-2 complementaria a segurança do país. Saito lembrou que o monitoramento de defesa do Brasil chega a 22 milhões de metros quadrados, considerando as regiões de tratado internacional.
- Quem controla o espaço e faz defesa aérea dá proteção ao país - disse.
Sobre os modelos selecionados, o comandante Saito acrescentou que a Presidência da República já tem as informações sobre as preferências da Aeronáutica e já estaria em condições de tomar uma decisão sobre a compra dos caças. Segundo Saito, Dilma Rousseff tomará a decisão “em curto prazo”. Ele informou que, depois de decidida a compra, a entrega dos aviões pode demorar entre quatro e seis anos.
Ainda de acordo com Juniti Saito, o relatório sobre a compra dos aviões foi entregue ao Ministério da Defesa no início de 2010. O comandante admitiu que a análise da Aeronáutica é mais técnica, enquanto a do governo é mais política. Ele negou, porém, que exista conflito com o Ministério da Defesa.
Segundo Saito, a Aeronáutica trabalha na aquisição de caças modernos desde o ano de 1995. Ele afirmou que os adiamentos no processo têm mais a ver com a questão orçamentária e negou que a Aeronáutica faça pressão sobre o governo. Saito ainda informou que os Mirage 2000, que serão retirados de uso no fim do ano, deveriam ter sido desativados já em 2011, por conta das horas de voo, e informou que a Aeronáutica vai receber caças F-5 modernizados. Ele admitiu que a situação não é a ideal, mas que a Aeronáutica “faz o possível”.

Autor(a): Agência Senado

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...