(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Compensação ambiental vai garantir retirada de árvores

Meio Ambiente Comentários 13 de julho de 2017

Devido às obras dos viatusos, palmeiras de guarirobas serão retiradas do canteiro da Avenida Brasil


Para cada palmeira de guariroba retirada do canteiro central da Avenida Brasil - medida necessária para a continuidade da obra de mobilidade urbana - outras seis serão plantadas em Anápolis. Essa é a compensação pertinente apresentada pelo estudo técnico realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano. As retiradas começaram a ser feitas ao longo da tarde de quarta-feira, 12, e a jardinagem do canteiro central será entregue junto com a conclusão da obra.
São 22 palmeiras de guariroba que serão retiradas do canteiro central – sendo 14 localizadas no canteiro em frente à prefeitura e as outras oito unidades na região próxima a Rua 18 de Setembro. Segundo a bióloga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Luana Lisboa, as palmeiras contam com cerca de 30 anos de idade e, sendo assim, não suportariam um transplante. “Elas estão com perda de epiderme do trono (casca), e, mesmo com o corte, qualquer movimento brusco apresentaria a perda da árvore”, diz.
Por isso, a saída encontrada foi a compensação ambiental. Ela explica que os canteiros centrais não serão totalmente desconstruídos, somente vão perder largura, fixando em 2,5 metros. Nesse espaço, serão plantadas 25 árvores – divididas entre espécies de palmeiras e ipês. Entretanto, outras 125 unidades serão plantadas, ao longo dos próximos meses, em locais ainda a serem avaliados pela própria secretaria. Nesse caso, a escolha é por espécies frutíferas do Cerrado, como murici e mangaba, além de ipês

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Poluição de nascentes é denunciada na Câmara

09/11/2017

O vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB) denunciou a poluição de nascentes localizadas nas proximidades da Avenida Brasil No...

Erosões comprometem o solo e a água potável do Município

28/09/2017

O acelerado processo de erosões em Anápolis compromete, não apenas, o solo, mas, também, todas as bacias hidrográficas e...

Limpeza preventiva de córregos

14/09/2017

Os córregos se contorcem diante do assoreamento que desidrata os cursos d’água nesse momento de estiagem. Mas para evitar...

Queimadas em vegetações e plantações estão têm registro de incidência na região de Anápolis

10/08/2017

Embora já se esteja em um período que favorece a sua ocorrência, a estação da seca ainda não provocou este ano grandes ...