(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Começa o jogo eleitoral

Contexto Político Comentários 24 de junho de 2010

Até o dia 30, o eleitor goiano conhecerá quais são, verdadeiramente, as peças para o jogo eleitoral deste ano. Até lá, todos os partidos deverão realizar as suas convenções para a formação das chapas com os nomes e alianças que vão concorrer aos cargos de deputado estadual, deputado federal, senador (e suplente) e governador (e vice-governador).


Começa o jogo eleitoral
Até o dia 30, o eleitor goiano conhecerá quais são, verdadeiramente, as peças para o jogo eleitoral deste ano. Até lá, todos os partidos deverão realizar as suas convenções para a formação das chapas com os nomes e alianças que vão concorrer aos cargos de deputado estadual, deputado federal, senador (e suplente) e governador (e vice-governador). Além, claro, da eleição para a Presidência e Vice-Presidência da República.
A movimentação tem início no sábado, com a convenção do PMDB, marcada para o Centro de Convenções de Goiânia, para homologar o nome de Iris Rezende para a disputa do Governo. O PT realiza na sexta-feira, 25, um encontro da Executiva para deliberar sobre as candidaturas, devendo fechar os acordos no dia seguinte. O PC do B, que vai estar na aliança peemedebista deverá fazer uma convenção conjunta. O PR fará a sua convenção no domingo, 27, na Câmara Municipal de Goiânia, para homologar a candidatura do ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso. Devem acompanhar o partido em convenção conjunta, o PP do governador Alcides Rodrigues e mais o PTN, o PV e o PSC.
O PSB, que inicialmente sinalizou apoio à Nova Frente, ainda não fechou questão e vai fazer a sua convenção no dia 30. Mesma data em que o PSDB irá reunir os seus convencionais para homologar o nome do senador Marconi Perillo para o Governo. Os tucanos vão se reunir no Goiânia Arena. E, também no dia 30, na Câmara Municipal de Goiânia, o Democratas fará o seu encontro para definir de que lado irá ficar na disputa regional. O PTB fecha com a candidatura de Marconi Perillo no dia 30, em convenção a ser realizada no Goiânia Arena.


Demóstenes I
O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) lançou em Anápolis, o livro: “Máximas do Twitter”, no qual apresenta as mensagens postadas por ele e seus seguidores no microblog. Segundo ele, é uma ferramenta de rápida interação com as pessoas, onde as perguntas são rápidas e as respostas devem ser dadas da mesma maneira. Ele afirmou que cuida, pessoalmente, de atualização das mensagens, muitas vezes à noite, nos fins de semana e, nos dias de semana, quando a agenda permite.

Demóstenes II
O lançamento do livro acabou transformando-se em um evento político, naturalmente, com a presença de vários deles. Entre os que foram buscar um autógrafo, estava o ex-prefeito Pedro Sahium que acabou ganhando uma declaração do senador, que é considerado um dos pais do projeto “Ficha Limpa”. Na coletiva com a imprensa ele abonou Sahium, dizendo que o mesmo está apto a concorrer a cargos eletivos no próximo pleito. É que Sahium responde a processo que, inclusive, foi motivo de criação de uma Comissão Especial de Investigação na Câmara Municipal, no caso do Mercado do produtor.

Demóstenes III
Quando questionado a respeito do posicionamento do Democratas, nas eleições deste ano para o Governo de Goiás, Demóstenes Torres não apresentou nenhuma novidade, disse apenas que o partido decidiu fazer uma escolha democrática ouvindo as suas lideranças e que, após mapeadas as opiniões, é que será tomada a decisão. Ele é parte interessada no processo, pois quer uma vaga na chapa para disputar a reeleição. Perguntado sobre quem estaria mais próximo nessa consulta, respondeu: “estamos mais próximos do eleitor, que é quem vai definir a questão”.

Realizado
O ex-prefeito Pedro Sahium, que se elegeu pelo PSB, ficou sem partido e hoje filiado ao Democratas, disse que não sabe, ainda, se será ou não candidato a deputado estadual, sabendo que legalmente poderá concorrer. É que, segundo ele, há mais coisas a pesar na balança como o apoio da família e os compromissos profissionais, já que está à frente de alguns projetos na área educacional. E, conforme observou, a vida de professor, embora não seja fácil, nem de longe é parecida com a vida de político. Sahium ressalta que se sente realizado, que em sua gestão, foi feita a preparação do automóvel (se referindo à Máquina Administrativa) que graças a isso os projetos da cidade estão caminhando, muitos deles originários de sua gestão, como o Rápido. Disse que se não for candidato, ficaria feliz com a candidatura do médico Cláudio Paiva, também cotado para disputar uma das 41 vagas da Assembleia Legislativa.

Pedofilia
A Comissão Parlamentar de Investigação da Assembleia Legislativa que investiga a pedofilia, ainda não tem uma data definida para entregar o relatório final dos trabalhos. A CPI realizou audiência em algumas cidades do interior. Só que a Comissão tem recebido mais pedidos de audiências e, isso, deve esticar um pouco o prazo. Será que haverá reunião em Anápolis? Com a palavra a relatora da CPI, deputada Isaura Lemos (PDT).

Verba
A Câmara de Vereadores aprovou o projeto do Prefeito Antônio Gomide, promovendo alterações no orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável, para prover dotação ao programa de asfalto que está sendo realizado nos bairros da cidade, num montante de cerca de R$ 20 milhões. Também aprovou o projeto que dispõe sobre a gratificação de produtividade para os fiscais da Prefeitura. Foi ainda aprovada mudanças na remuneração dos conselheiros tutelares.

Recesso
Com as votações desta semana, a Câmara Municipal entrou em recesso. As reuniões ordinárias só voltam a acontecer no mês de agosto próximo. Mas os trabalhos administrativos e nos gabinetes não irão parar, pelo menos em sua grande maioria. A turma do vereador Domingos de Paula, vai ganhar férias.

Disciplina
O vereador Valmir Jacinto está disposto a fazer valer o cargo que assumiu, de corregedor do Legislativo. Distribuiu um memorando aos seus pares, sobre algumas regras que os mesmos deveriam adotar, para melhorar a imagem do parlamento. Está atento, portanto, não só quanto à quebra de decoro, mas também aos bons modos, que cabe em qualquer lugar, ainda mais em uma Casa que é, ao mesmo tempo, vitrine e vidraça.

Vigilância
O presidente do Sindicato das Indústrias Farmacêuticas no Estado de Goiás (Sindifargo), Marçal Henrique Soares, informou na reunião da ACIA, na última quarta-feira, 23, que o secretário estadual da Fazenda, Célio Campos Júnior, manifestou apoio ao projeto para a criação da Agência Goiana de Vigilância Sanitária. O que, conforme adiantou, irá beneficiar, pelo menos, 80 atividades produtivas que dependem da fiscalização e de outros procedimentos vinculados ao órgão, que hoje são feitos apenas em Brasília. Essa medida, disse ele, vai ajudar a atrair novos empreendimentos, já que os processos para abrir empresas, por exemplo, na área de medicamentos e alimentos poderão ser agilizados. Dentro de alguns dias, informou, será marcada uma reunião para a entrega do anteprojeto de criação da Agência ao Governador Alcides Rodrigues. Marçal considerou o apoio uma vitória, porque o ex-secretário, Jorcelino Braga, foi de pronto, contrário à iniciativa, que foi abraçada pela FIEG, Fórum Empresarial de Anápolis, Conselho Regional de Farmácia, dentre outras instituições.

Candidato
Perguntado se vai se candidatar a algum cargo eletivo este ano, o ex-vereador e suplente de senador Max Lânio Gonzaga Jaime (PMDB) disse textualmente: “Sou candidato a pescar no Araguaia e a cuidar da minha vida profissional”. Então, tá. Max foi candidato a deputado em 2006 e saiu da campanha contrariado com a cúpula do PMDB que, em sua versão, o preteriu, em favor de outros candidatos. Ele chegou até a sair do partido, voltando tempos depois.

Resposta
A vereadora Miriam Garcia (PSDB) respondeu, na tribuna da Câmara Municipal, críticas de que estaria freqüentando os corredores da Administração Municipal. Disse ela que está no exercício do seu papel de trabalhar pelo povo, independe se o governante é do partido A ou B. Então fica assim...

Liberou
O vereador Fernando Cunha (PSDB) bem que tentou, mas, pelo visto, não conseguiu resistir à pressão e não obstruiu a tramitação do projeto da reforma administrativa, encaminhado ao Legislativo pelo Prefeito Pedro Sahium. O tucano gostaria de mais informações sobre os cargos comissionados que seriam criados.

Força
O ex-diretor e futuramente secretário do Meio Ambiente, Luiz Henrique, vai pilotar uma pasta turbinada e aliviar um pouco o peso do trabalho que hoje está nas costas do secretário Clodoveu Reis (Desenvolvimento Urbano Sustentável).

Não transfere
Adhemar Santillo, o manda-chuva do PMDB de Anápolis discorda do ex-senador Mauro Miranda quanto à reversão das pesquisas em Anápolis que dão vantagem a Marconi Perillo (PSDB) contra Íris Rezende (PMDB) na corrida sucessória. Mauro disse que o Prefeito Antônio Gomide (PT) vai ser o grande cabo eleitoral da campanha, por conta de seu bom desempenho e da boa aceitação que vem obtendo. Já Adhemar contesta frontalmente. Ele entende que o próprio Íris é que tem de modificar a estratégia e dar maior atenção para Anápolis. “Gomide não é o Lula”, afirmou Adhemar Santillo.

Com Lula
Empresário anapolino Kasser Bittar posou para foto com ninguém menos que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O registro foi feito pelo fotógrafo Ricardo Stuckert, durante a realização da convenção do Partido dos Trabalhadores, em Brasília, que homologou a candidatura de Dilma Roussef à Presidência da República.

Autor(a): Claudius Britos

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Contexto Político

Clique na imagem para ver a coluna

18/08/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.634

10/08/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.633

03/08/2017

Contexto Político...

Clique na imagem para ver a coluna - Ed.632

28/07/2017

Contexto Político...