(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Começa a venda dos ingressos para a Copa 2014

Esportes Comentários 05 de julho de 2013

FIFA e CBF já prepararam tudo para o acesso dos torcedores aos bilhetes que garantem a entrada nos estádios durante a Copa do Mundo do ano que vem


Animada com o sucesso da Copa das Confederações encerrado no último domingo, com média de público estimada em 50.291 pessoas por partida, a FIFA marcou para 19 de julho a data de anúncio de detalhes de como serão a venda, os preços e as categorias dos ingressos para a Copa do Mundo de 2014. A primeira fase de comercialização está marcada para começar em 20 de agosto.
O Mundial será disputado de 12 de junho a 13 de julho de 2014, em 12 sedes.
Os números do torneio que terminou no domingo, 30, com o título máximo ficando com a Seleção Brasileira, após a vitória de 3X0 sobre a Espanha, foram divulgados durante um balanço feito por representantes da FIFA, do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo (COL) e do Governo Federal.
Os 16 jogos da competição disputada entre oito seleções levaram aos estádios das seis sedes um público total de 804.659 pessoas. A final entre Brasil e Espanha, no Maracanã, foi a partida que teve mais torcedores: 73.531. Taiti e Nigéria, primeiro jogo no Mineirão, em Belo Horizonte, foi o de menor público, com 20.187 pessoas.
A média de público só perde para a edição de 1999, realizada no México, que terminou com 60.625 pessoas por jogo. A audiência das transmissões de jogos também superou as expectativas. A semifinal entre Brasil e Uruguai, disputada no Mineirão, teve 53,5 milhões de espectadores em nove mercados-chave.
Com muitas goleadas, principalmente sobre o Taiti, a Copa das Confederações 2013 teve média de gols de 4,25 por partida, maior do que as marcas das últimas seis edições do torneio. Uma curiosidade é que foi a primeira vez que os pênaltis perdidos (cinco) superaram os convertidos (quatro).
Recordes
Além de se sagrar campeão, o Brasil quebrou alguns recordes da competição. A Seleção Brasileira se tornou a primeira a vencer três edições da Copa das Confederações seguidas, em 2005, 2009 e 2013. Das cinco finais que disputou, o Brasil ganhou quatro: também foi campeão em 1997 e perdeu para o México, em 1999. Em cada uma dessas finais, a Seleção marcou, pelo menos, três gols. Além disso, o time ‘canarinho’ estabeleceu duas marcas: 12 vitórias consecutivas e 13 jogos sem perder na Copa das Confederações.
A FIFA, também, divulgou números da organização. A infraestrutura do torneio contou com seis estádios: Maracanã (RJ); Mineirão (MG), Castelão (CE), Fonte Nova (BA), Mané Garrincha (DF) e Arena Pernambuco (PE); sete aeroportos, 14 locais oficiais de treino e 15 hotéis. O Comitê Organizador Local utilizou 7.800 funcionários na competição. As cidades-sede contaram com 3.476 trabalhadores nos estádios. A FIFA teve 5.562 voluntários, para quem serviu 40.000 refeições durante o torneio.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Esportes

Pré-temporada começa no dia 10

07/12/2018

O primeiro time da Cidade a iniciar a preparação para a temporada de 2019 é o Grêmio Esportivo Anápolis. E, isso, irá a...

Anapolina define o seu novo presidente

07/12/2018

O novo Presidente Executivo da Anapolina já esta trabalhando; Nélio Carneiro, de 58 anos, é um velho conhecido da torcida ...

Futsal - Anápolis/UniEVANGÉLICA é finalista

29/11/2018

O Anápolis\UNIEVANGÉLICA e Goiás Esporte Clube decidirão a principal categoria de base do futsal. Tricolores e esmeraldin...

Corrida de Rua - Inscrições abertas para a 8ª etapa

29/11/2018

Já estão abertas as inscrições para a 8ª etapa do Circuito Anapolino de Corrida de Rua — a última de 2018. A prova ac...