(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Combustíveis: Procon investiga excesso em aumentos

Geral Comentários 01 de abril de 2011

A superintendente executiva do Procon-Goiás, Darlene Costa, afirmou durante reunião na Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor na Assembleia Legislativa, que o Código de Defesa do Consumidor veta o aumento súbito e excessivo dos preços de determinada mercadoria sem justificativa


A superintendente executiva do Procon-Goiás, Darlene Costa, afirmou durante reunião na Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor na Assembleia Legislativa, que o Código de Defesa do Consumidor veta o aumento súbito e excessivo dos preços de determinada mercadoria sem justificativa. De acordo com ela, o recente aumento dos combustíveis não decorreu do fim do subsídio estadual à alíquota do ICMS e, que ainda, havia álcool anidro nas usinas a ponto de não justificar o aumento excessivo.
De acordo com ela, há indícios da formação de cartel e que o Procon abriu processo administrativo, que pode resultar em multa pecuniária. E a Delegacia do Consumidor, que atua na esfera penal, também tomou providências. Ainda segundo ela, o aumento de preço em razão da entressafra seria temporário. Com as colheitas, a partir de abril, o preço deve cair, segundo documentos das usinas.
Darlene Costa afirma que espera conseguir dar uma resposta aos consumidores sobre o motivo real do aumento no preço dos combustíveis. De acordo com ela, há disponibilidade de álcool anidro nas usinas, e pode estar ocorrendo especulação com os preços ou mesmo formação de cartel.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Geral

SENAI abre as portas para a comunidade

08/11/2018

Pioneiro na formação e qualificação de mão-de-obra para indústria, o Senai de Anápolis, primeira unidade de Goiás, fu...

Ex-presidente de associação condenada a 61 anos

08/11/2018

Criseide Castro Dourado, ex-presidente da Associação de Combate ao Câncer em Goiás, foi condenada a 61 anos de prisão pe...

Documento Digital será lançado no estado de Goiás

08/11/2018

A partir da próxima semana, os motoristas do estado de Goiás poderão acessar, no celular, o seu Certificado de Registro e ...

Provável fechamento da Unidade Oncológica gera polêmica na Cidade

08/11/2018

A notícia de que o tratamento oncológico oferecido pelo Hospital Evangélico Goiano (HEG) a pacientes com câncer poderia s...