(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Com atraso de quase 13 anos, Anápolis adere a consórcio

Meio Ambiente Comentários 16 de outubro de 2015

Embora faça parte da Área de Proteção Ambiental do Ribeirão João Leite, Município não havia formalizado adesão ao consórcio intermunicipal que reúne outras seis cidades


O Prefeito João Gomes encaminhou à Câmara Municipal, com pedido de apreciação e votação em caráter de urgência, um Projeto de Lei em que solicita autorização legislativa para que o Município integre o Consórcio Intermunicipal da Área de Proteção Ambiental (APA) do Ribeirão João Leite, criado em 27 de dezembro de 2002, pelo Decreto 5.704. Inicialmente, o consórcio foi constituído pelos municípios de Campo Limpo de Goiás; Goianápolis; Nerópolis, Ouro Verde de Goiás e Terezópolis de Goiás.


O consórcio foi instituído logo após a criação da barragem do João Leite, próxima à Goiânia, para garantir o abastecimento de água potável para a Capital nas próximas décadas. O curioso é que, embora o Ribeirão tenha sua nascente em Anápolis, o Município, somente agora, vai aderir ao consórcio. Mas, já fazia parte da APA, inclusive, com 40% do total de sua área, que tem uma extensão de 721,28 quilômetros quadrados. Goiânia tem 28% do total da área da APA; Nerópolis e Ouro Verde (8% cada); Campo Limpo e Goianápolis (6% cada) e Terezópolis (4%), sendo que os municípios de Campo Limpo e Terezópolis têm 100% de seus limites dentro da Área de Proteção Ambiental.


Questionado sobre o fato de Anápolis não compor o consórcio intermunicipal da APA do João Leite, o Prefeito disse não ter conhecimento sobre o real motivo. “Ou foi falta de convite dos municípios à época (de criação do consócio) ou foi por falta de interesse”, ponderou, acrescentando que essa adesão, agora, vai fortalecer ainda mais o consórcio.


A região abrangida pela APA tem forte concentração de áreas agricultáveis, criação de animais e extrativismo mineral (várias cerâmicas estão instaladas no referido território) e um dos principais objetivos do consórcio é, justamente, buscar o equilíbrio entre a produção e a preservação do meio ambiente.


Para João Gomes, com o Município de Anápolis integrado ao consórcio, o mesmo ganhará peso nas suas decisões, inclusive, futuramente, não está descartado um debate acerca da utilização da água do João Leite para abastecer a Capital. É possível, dentro deste debate, que Anápolis possa ter algum tipo de compensação. Por enquanto, não tem nada definido a respeito. A única coisa concreta é que, com um atraso, de quase 13 anos, finalmente, Anápolis vai integrar o Consórcio Intermunicipal e com isso poder trabalhar melhor os seus interesses.


 


Objetivos da APA do João Leite


 


- Proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite;


- Assegurar condições para o uso do solo, compatíveis com a preservação dos recursos hídricos;


- Conciliar as atividades econômicas e a preservação ambiental;


- Proteger os remanescentes do bioma cerrado;


- Melhorar a qualidade de vida da população local por meio de orientação e do disciplinamento das atividades econômicas;


- Disciplinar o turismo ecológico e fomentar a educação ambiental.


 


Municípios que compõem a APA


 


Goiânia


Anápolis


Campo Limpo de Goiás


Nerópolis


Goianápolis


Ouro Verde


Terezópolis de Goiás

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Audiência pública debate poluição em mananciais

11/10/2018

A adoção de medidas práticas no sentido de preservar e despoluir os mananciais de Anápolis, especialmente o Ribeirão Ext...

Goiás é o quinto no ranking de estados

20/09/2018

Desenvolvimento econômico e social combinado com sustentabilidade ambiental. Esse é o retrato de Goiás verificado no Ranki...

Ribeirão Antas sofre com a poluição

23/08/2018

A formação de densas camadas espumosas de origem desconhecida sobre o leito do Ribeirão Antas continua sendo um desafio pa...

Justiça concede liminar contra cobrança irregular do AVTO

09/08/2018

A Promotora Sandra Mara Garbelini, que atua na érea de meio ambiente, comunicou, durante reunião com empresários na Associ...