(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

CMTT admite mudanças em estacionamento na região central

Trânsito Comentários 11 de julho de 2014

Vagas serão retiradas de um lado das vias das principais Avenidas da Cidade para dar espaço à construção de corredores de ônibus


Na última segunda-feira 07, o diretor da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) Alex de Araújo Martins participou de um reunião na Câmara dos Dirigentes de Anápolis (CDL). O motivo foram as mudanças que serão efetuadas nos espaços de estacionamento na Avenida Goiás e Rua General Joaquim Inácio.
Segundo o diretor disse na reunião, ao longo dos últimos meses, criou-se um novo cenário no centro da cidade devido à demolição de parte do das dependências do Terminal Urbano, determinada pelo Ministério Público por obstruir a antiga Estação Ferroviária que é patrimônio Histórico da Cidade.
A ação gerou diversos transtornos para a população. Devido a isso, ele explicou que, pensando no grande fluxo de veículos no centro da cidade, foram tomadas várias iniciativas como a colocação de semáforos na Leopoldo de Bulhões e Tiradentes; foram feitas inversões de ruas, entre outras iniciativas que vêm dando resultado principalmente na região norte. “No entanto, na Avenida General Joaquim Inácio o fluxo ainda está incontido. Chegamos a ponto de termos 18 ônibus alinhados nesta rua – o que diretamente traz transtornos ao comércio de Anápolis”; disse.
O diretor da CMTT falou ainda, da última reunião realizada com o Juiz, Carlos Eduardo Rodrigues de Souza e a Promotora, Sandra Mara Gaberline em que foram feitas algumas recomendações e outras determinações pelas autoridades, dentre elas a recomendação de retirada do estacionamento na Avenida Goiás e Rua General Joaquim Inácio.
A decisão sugerida pelo Ministério Público (MP) foi avaliada pela CMTT que não concordou com a retirada do estacionamento. Segundo Alex, a mudança não seria adequada ao setor que, com certeza, seria prejudicado.
Em desacordo com as sugestões, o diretor da CMTT levou ao conhecimento do MP outras opções resolver a situação que, segundo ele, foram bem recebidas. “Como já existe um projeto que já deve ser assinado até o final do mês de julho, início de agosto, sobre a colocação de corredores do Transporte Coletivo em cinco eixos nas seguintes Avenidas: Universitária, Pedro Ludovico, São Francisco com a JK, Presidente Kenedy com a Fernando Costa e Brasil Sul e Norte. A proposta da CMTT é deixar o estacionamento só de um lado e o corredor de ônibus do outro lado das vias ”, explicou.
Conforme disse o diretor; os condutores de veículos terão um mês de notificação após a mudança para adequação e, depois disso, haverá aplicação de multas.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Trânsito

Lei garante ações contínuas de educação no trânsito

26/10/2017

A partir de agora, Anápolis terá campanhas constantes de conscientização de respeito no trânsito. Com base na lei propos...

Campanha “Mão na Faixa” visa reduzir acidentes e mortes

26/10/2017

Reduzir acidentes, preservar vidas. Estes são os pilares da campanha “Mão na Faixa”, lançada pela Companhia Municipal ...

Semana Nacional registra redução de acidentes em ruas e rodovias

21/09/2017

A redução dos índices de violência no trânsito demonstra que as políticas públicas municipais de educação para o set...

Campanha conscientiza sobre o uso da faixa de pedestres

24/08/2017

A Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), através da diretoria de Educação, continua com ações de conscie...