(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Clínica oferece consultas mais baratas

Saúde Comentários 04 de junho de 2015

Unidade tem equipe multiprofissional e trabalha, também, com projetos sociais


Em 2013, Kênia Estela Borges da Silva Gomes passou por um tratamento de quimioterapia. E, durante as suas idas e vindas, percebeu a dificuldade que muitas pessoas enfrentam para receberem acompanhamento durante, no pós-tratamento ou mesmo em outras situações. Depois de trabalhar na área por um período, ela decidiu fazer diferente e montou a CliniSaúde, onde são oferecidas diversas especialidades médicas com preços mais acessíveis.


A unidade, segundo Kênia Gomes, dispõe de uma equipe multiprofissional com psicólogo; psicopedagogo; terapeuta de grupo; acupunturista; fisioterapeuta, nutricionista e clínico geral, dentre outros. São, no total, 14 profissionais e as consultas variam de R$ 30 a R$ 50, sendo que uma parte é paga aos profissionais e, o restante, investido na própria manutenção da clínica. É uma ação que não visa lucro e a ideia, diz a empresária, é agregar novos serviços e benefícios aos pacientes que ali recorrem em busca de atendimento.


Kênia Gomes destaca que a CliniSaúde funciona como uma organização não governamental e os planos futuros envolvem a criação das áreas de ginecologia e pediatria, que são de grande demanda. Atualmente, dentro da atual estrutura, por mês, a unidade realiza em torno de 800 atendimentos. Qualquer pessoa pode ter acesso aos serviços e, em caso de pessoas comprovadamente carentes, podem obter consulta gratuita.


Além disso, a CliniSaúde dispõe de uma assessoria jurídica que presta orientação sobre questões como auxílio doença e aposentadoria. Esta vertente do atendimento faz parte do projeto “Doando Amor Salvando Vida” que, em breve, contará também com um grupo para fazer visitas em hospitais levando atividades diversas, como musicoterapia. Outra meta do projeto é a implantação de uma Casa de Repouso, para acolher aqueles pacientes que vêm de outras localidades e que não têm um lugar para ficar. “Temos, ainda, um projeto para levar atendimento em domicílio, no atendimento às pessoas acamadas, com dificuldades de locomoção”, narrou Kênia Gomes.


Por enquanto, a CliniSaúde funciona sem aporte financeiro governamental. Daí, precisa do apoio de voluntários que queiram contribuir de alguma forma para garantir que as pessoas que necessitam tenham um atendimento digno em saúde.


A CliniSaúde funciona em um prédio localizado na Rua Benjamin Constante, 1664- Centro. Os telefones para contato são: (62) 3311-4158 ou 9471-3077.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Saúde realiza vacinação contra a gripe até dia 26 de maio

19/04/2017

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou na última segunda-feira, 17, e as vacinas estão disponívei...

Vereadora consegue recursos para castração de animais

19/04/2017

A vereadora Thaís Souza (PSL) conseguiu junto ao deputado estadual Lincoln Tejota (PSD), uma emenda de R$ 180 mil será dest...

Medo da febre amarela? tire suas dúvidas

07/04/2017

Desde 1980 o Brasil não registrava um surto tão grande de febre amarela. De dezembro para cá, houve 2 104 casos notificado...

Dengue recua, mas a população ainda precisa ficar atenta e manter o combate

07/04/2017

A população anapolina pode comemorar. Os registros oficiais da Secretaria Estadual de Saúde, referentes à semana 13- de 0...