(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cineasta anapolino estreia filme no Cinema Lumiére de Goiânia

Cultura Comentários 10 de maio de 2013

Curta-metragem Atrás da História (ou no coração do filme), de Jarleo Barbosa estreia no dia 16 e reflete o crescimento e amadurecimento das produções cinematográficas de Goiás


A produtora de cinema e vídeo Panaceia Filmes não pára. Prova disso é o lançamento do curta-metragem Atrás da História (ou no coração do filme), que estreia na quinta-feira, 16, às 21h, no Cinema Lumiére do Shopping Bougainville, em Goiânia. Trata-se da sexta produção da empresa, que desde 2009 se firma como uma das grandes realizadoras audiovisuais do Estado.
Dirigido pelo anapolino Jarleo Barbosa, 26, o curta conta a história de um filme que está à procura de sua própria e de sua mocinha. Entre encontros e desencontros, o filme descobre o seu final. Para além do roteiro, o Atrás da História se apoia em suas imagens, com uma bela fotografia e direção de arte que acabam por emoldurar os 7 minutos e meio de duração.
De acordo com Jarleo Barbosa, o filme reflete o seu momento enquanto diretor audiovisual. “Quando criei o roteiro, estava em um momento de questionamento sobre o tipo de filme que gostaria de fazer. Sinto que a história do filme reflete esse momento, que acho que todo mundo que cria passa por isso”, reflete.
É a primeira vez que a Panaceia Filmes lança um curta-metragem finalizado em 35mm. Até então, eram realizados apenas em formato digital. Mesmo com o avanço da tecnologia digital, o filme de 35 mm continua sendo o mais utilizado no cinema do mundo inteiro. “Meu outro filme, o Julie, Agosto, Setembro recebeu alguns prêmios em serviço. Então a gente mobilizou forças e parcerias pra poder usar esses prêmios e finalizar o filme em película”, conta.
Para o cineasta, as câmeras digitais evoluíram muito, mas ainda assim não conseguem alcançar o padrão da película no que diz respeito à cor, textura e luz. “Além de um certo fetiche que existe ao redor da película, queríamos passar por esse processo antes que ele acabasse. O que fizemos foi gravar o filme em digital e depois fazer um processo que chama transfer pra virar película. Isso garante uma melhor e mais padronizada exibição do filme”, reflete.
O Atrás da História é um filme feito com recurso do prêmio estímulo do 7º Festcine Goiânia. Em parceria com a produtora goiana Tá na Tala Filmes, conseguiram criar um curta que mostra Goiânia sob diversas formas. Nesse sentido, além das imagens, a música foi outro elemento que influenciou na finalização da obra.
Escolhida por Barbosa, a música-tema de toda a produção é Com a Ponta dos Dedos, do cantor alagoano Wado, com participações de Marcelo Camelo e Malu Magalhães. Para a criação da trilha, o diretor convidou o paraense Guto Teixeira para a realização, já que haviam trabalho juntos no curta-metragem Faltam Duas Quadras.
É o terceiro filme que o cineasta dirige. No início de 2011 ele lançou o premiado Julie, Agosto, Setembro, que participou de 40 festivais, entre nacionais e internacionais. No mesmo ano, o anapolino realizou o curta Faltam Duas Quadras, que foi exibido em diversos Estados, a exemplo de São Paulo, Pernambuco e Rio de Janeiro. Com apenas dois anos de carreira, Barbosa já possui uma extensa lista de participações em festivais e premiações.
ANOTE
Estreia do curta-metragem Atrás da História (ou no coração do filme)
Data: 16 de maio
Horário: 21h
Local: Cinema Lumiére, Shoopping (Bougainville)
A exibição é gratuita
PANACEIA FILMES
A produtora de cinema e vídeo Panaceia Filmes foi formada em maio de 2010 por cinco jovens recém-egressos da universidade, que tinham por objetivo realizar seus próprios projetos na área audiovisual. Partindo das ambições pessoais e iniciais dos sócios-fundadores, a Panaceia Filmes pôde aos poucos desenvolver sua área de atuação, que hoje visa o desenvolvimento continuado do audiovisual no estado de Goiás.
A produtora se distribui em projetos de produção, formação e discussão da área audiovisual, através da realização de curtas-metragens, oficinas de formação para escolas públicas e uma revista eletrônica do cinema em Goiás. Os projetos são realizados através de parcerias com colaboradores locais, além de auxílio governamental por meio de leis de incentivo à cultura.

MAKING OFF
http://www.youtube.com/watch?v=mgQES-O5xog&feature=youtu.be

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Salão Anapolino de Arte recebe inscrições até o dia 07 de julho

02/06/2017

Com uma novidade em seu formato – o Prêmio Curadoria -, o Salão Anapolino de Arte recebe inscrições para sua vigésima ...

Embaixada do Japão dará apoio a festival de cultura em Anápolis

04/05/2017

O Embaixador do Japão no Brasil, Satoru Satoh, esteve em Anápolis nesta quinta-feira,04, para uma agenda protocolar com vá...

Festival de dança vai acontecer até sábado

27/04/2017

Começou na última quarta-feira, 26, o 12º Festival de Dança de Anápolis. A abertura do evento, no Teatro Municipal, se i...

Inscrições abertas para as oficinas do EDAnça

19/04/2017

Um dos eventos consolidados no calendário da Secretaria Municipal de Cultura, o Festival de Dança (EDAnça) acontece, neste...