(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Chuvas só depois do dia 12 de setembro

Geral Comentários 03 de setembro de 2010

A não ser que ocorra uma reviravolta climática, em Anápolis somente poderá se falar em chuvas na segunda quinzena do mês, de acordo com os institutos meteorológicos


A região de Anápolis está sentindo os efeitos da estiagem prolongada. Embora ainda não se verifique situação de alerta, os danos causados pela estação seca são preocupantes. E este clima árido, quase desértico, deve continuar a castigar a maior parte do País já que dados meteorológicos apontam que a chuva pode demorar a chegar para algumas regiões brasileiras. As primeiras áreas que observarão as nuvens escurecer serão o Norte e o Nordeste. Mas, as pancadas só devem chegar ao Sudeste depois do feriado de 7 de setembro e, ao Centro-Oeste, apenas, depois do dia 11, ou seja, daqui a oito dias. As informações, baseadas nas análises do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foram repassadas por técnicos do Instituto Somar ao Jornal Contexto.
Segundo Eduardo Gonçalves, do departamento de meteorologia da entidade, as condições da atmosfera favorecem atualmente o surgimento de nuvens na região amazônica. Por isso, os levantamentos indicam que as capitais Manaus, Porto Velho, Rio Branco e Macapá devem receber pancadas d’água já neste final de semana - na capital do Acre, por exemplo, isso deve acontecer amanhã.
Consulta ao site CLIMATEMPO revela, também, que até o dia 12 de setembro, Anápolis e região vão ter, “sol o dia todo, sem nuvens no céu, Noite de tempo aberto, ainda sem nuvens. No domingo, 05, e na segunda-feira, 06, a previsão é de “sol, com algumas nuvens, mas não chove”. Ainda de acordo com o mesmo instituto, de terça, 07 a sábado, 11, a previsão é de “sol, com algumas nuvens, mas não chove”.

Problemas
E, Anápolis, a exemplo dos demais municípios da região, vem sofrendo muito com a estiagem que já dura mais de três meses. O consumo de água aumentou, de acordo com a Saneago, mas não existe o risco de faltar o produto. Além do reservatório de Piancó, ainda existe o de Anicuns, a poucos quilômetros de distância. Ambos garantiriam água por muito tempo. Entretanto, a empresa alerta para a necessidade de se economizar água, tendo em vista problemas de bombeamento que ainda existem, o que, em determinados casos, deixa faltar temporariamente a água nos setores mais altos da Cidade.
Nesta época de estiagem, a utilização de água potável para irrigação de jardins e limpeza de quintais tem alta incidência, o que, todavia, não compromete a capacidade de reservação.
Outro setor bem atingido pela estiagem é o da saúde pública, tendo em vista a proliferação de moléstias infecto/contagiosas, principalmente as virais. Com a alta incidência do pó e a baixa umidade no ar, a propagação de partículas nocivas à saúde humana é bem maior.
Além disso, a estiagem começa a causar preocupações junto aos produtores rurais. No caso de Anápolis, entre os horticultores e criadores de gado leiteiro. A falta de pasto determina queda na produção de leite e, até, na engorda do gado de corte. Nas hortaliças a secagem de pequenos veios d’água dificulta o cultivo de verduras e legumes, baixando a produtividade e, consequentemente, aumentando os preços dos produtos. Segundo especialistas ouvidos pelo Contexto, caso não chova até o dia 20 de setembro, haverá perdas e atrasos no plantio de algumas espécies, o que refletirá, inevitavelmente, em um futuro bem próximo, no mercado consumidor, que vai pagar mais caro pelas mercadorias.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Copa Sesc recebe inscrições até o dia 25 próximo

17/04/2019

Um dos maiores eventos esportivos no Estado, a Copa Sesc já está com inscrições abertas para esportes coletivos e individ...

Policial de Anápolis está no epicentro da crise entre o STF e a Procuradoria

17/04/2019

Um policial civil de Anápolis está entre os investigados no inquérito aberto pelo ministro do Supremo tribunal Federal, Al...

Procon alerta sobre preço de peixes

13/04/2019

Tradicional, a Semana Santa está chegando e a tendência é de aumento da demanda por pescados. Por isso, a Secretaria Munic...

Cadin Estadual tem quase 130 mil inscritos

13/04/2019

O Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais, o Cadin Estadual, completou, recentemen...