(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Celg: Ampliação da subestação de Anápolis será entregue

Cidade Comentários 09 de setembro de 2016

De acordo com a Companhia Energética de Goiás, investimentos vão garantir suprimento de energia nos próximos 30 anos


Subestação Celg GT Mato Grosso do SulO Governo de Goiás entregará neste mês a ampliação de duas subestações da Celg Geração e Transmissão (Celg GT), responsáveis pelo abastecimento de energia de Anápolis, Barro Alto, Itapaci, e de municípios próximos. A ampliação das redes garantirá o dobro da potência ofertada atualmente e a geração e transmissão de energia pelos próximos 30 anos. Também aumentará significativamente a receita anual da Celg GT.
A inauguração da segunda fonte de transmissão da Subestação Pirineus, em Anápolis, está prevista para esta sexta-feira, dia 9. A ampliação duplicará a potência atual, de 225 megawatts para 450 megawatts. O investimento por parte do governo estadual é de R$ 15 milhões. A fonte de transmissão garantirá o suprimento com mais energia paa Anápolis, Abadiânia, Corumbá, Pirenópolis e Alexânia, e agregará R$ 1,8 milhão de receita anual à Celg GT até o ano de 2043. “É a garantia de mais energia, melhor qualidade e mais segurança”, afirma o diretor técnico e comercial da Celg GT, Augusto Francisco da Silva.

Lago Azul
O circuito 2 da linha de transmissão Barro Alto-Itapaci, chamada de Lago Azul, também deverá ser inaugurado neste mês. A linha é resultado de uma Sociedade de Propósitos Específicos (SPE) entre a Celg GT e Furnas. Ela tem 60 quilômetros e dois terminais. A Celg GT tem 50,1% da subestação, e Furnas 49,9%. O investimento é de R$ 30 milhões.
A subestação atende, hoje, os municípios de Itapaci, Crixás, Nova Crixás, Mozarlândia, Araguapaz; as mineradoras Serra do Ouro, Serra Grande e Maracá, além de todo o sistema de Distribuição da Companhia Hidroelétrica São Patrício (CHESP): Ceres, Rialma e mais sete municípios. A nova linha garantirá abastecimento para os próximos 30 anos, e agregará ao consórcio receita anual de R$ 3 milhões até o ano de 2042.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...