(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed.497

Causos de Polícia Comentários 04 de dezembro de 2014

Notas Gerais


Na Rodoviária
Julyane estava na Estação Rodoviária, toda distraída, que nem viu quando delas aproximaram dois elementos. Eram o Pedro Henrique e o menor de inicial C. Eles, na maior cara de pau, abordaram a Julyane e tomaram-lhe o aparelho celular, na marra. Mas, um taxista que presenciava tudo, deu o alarme: “Larga o telefone da moça... olha a polícia!!!”, bradou. Os dois, então, correram em direção ao shopping que fica em frente, mas, foram alcançados pelos policiais da viatura 7450 e detidos em flagrante. O relógio marcava dez e meia da manhã.

Em casa
Mônica estava chegando em casa, no Parque Brasília, pouco mais de uma da manhã. Quando foi fechar o portão, viu que se aproximou um elemento que colocou o pé, impedindo que ela concluísse o fechamento. Mônica reagiu e se atracou com o bandido. Mas, este, sacando uma arma, apontou para ela e colocou o cano do revólver em sua boca, dominando-a. Outro elemento estava dando cobertura ao assaltante. Com isso, ambos levaram três folhas de cheques preenchidas com valores diferenciados, cerca de R$ 1,3 mil em dinheiro, o telefone celular e a carteira da Mônica. Ela foi ao plantão e registrou este ocorrido.

Na chácara
Isael foi visitar o sogro Raimundo, que é caseiro em uma chácara pertencente à Sra. Dilma (não é a Presidente da República) que fica às margens da BR 414. Estavam todos no bem bom, quando, à uma e meia da manhã, um grupo de cinco elementos chegou dando voz de assalto, querendo saber do paradeiro de um tal Ismael. Mesmo com a negativa de que não havia ninguém com aquele nome e, sim, Isael, os bandidos tocaram terror. Amarraram todo mundo e saquearam a residência. Levaram dois botijões de gás; várias panelas; quatro alianças; uma batedeira de bolo, R$ 200 em dinheiro e, até, o cachorro da família, além do veículo Parati, de propriedade do Isael. Depois, saíram dizendo que se houvesse denúncia à polícia, voltariam e matariam todo mundo. Mais tarde, soube-se que, de fato, um sujeito de nome Ismael já havia morado naquele local, mas que se mudou para Goiânia.

Carro barato
Raphael foi abordado por policiais do Quarto BPM, quando dirigia um carro Cross Fox, com placas de São Luiz dos Montes Belos. Raphael tem 18 anos. Os policiais pediram os documentos do carro e ele se enrolou todo. Disse que havia comprado o automóvel por R$ 3 mil. Isso mesmo: três mil reais. Os policiais, claro, não acreditaram nessa história e foram checar os dados do veículo. Ele havia sido furtado em Goiânia. Raphael, então, foi convidado a bater um papo com o delegado de plantão.

Na festa
Fim de festa, todo mundo pra lá de Bagdá, na maior algazarra, em uma chácara nas proximidades da Vila Feliz. Foi quando o Ronaldo pulou na piscina, jogando água nas pessoas próximas. Aí, o pau quebrou. Todo mundo bateu em todo mundo. Mas, o Jorge e o Alessandro se deram mais mal ainda, pois foram feridos com golpes de facão. A polícia compareceu ao local e, literalmente, acabou com a festa. Os feridos foram levados ao Hospital de Urgências e, depois, ao plantão de polícia, para as devidas explicações.

Muito brabo
Policiais da viatura 7438 foram abordados por populares com uma denúncia: “Têm dois caras se matando ali, perto do CAIC (centro de assistência integral à criança, no Conjunto ‘Filostro Machado’)”. Os PMs correram para lá e, ao chegarem, de fato, depararam com o Daniel se atracando com outro elemento. E, mesmo com a ordem para cessarem a briga, ele não se intimidou com a presença dos policiais e continuou dando sopapos, chutes e pontapés. Foi preciso, então, mudar a estratégia de convencimento e o valente Daniel, por fim, foi dominado. Chegando à delegacia, ele confessou que estava bêbado, mas que não iria falar nada com ninguém e que se reservaria ao direito de ficar calado. E, ficou...

Terrorismo
Quando a viatura 7448 chegou à casa de Dona Ana, no Jardim das Oliveiras, os policiais já a encontraram toda ferida. E, mais: ficaram sabendo que seu filho, o Thiago, também ferido, havia sido levado para o Hospital Municipal. Então, os policiais procuraram saber o que acontecera. Foi o seguinte: ela disse que três elementos colocaram fogo do lado de fora de sua casa e, quando saiu para ver a origem da fumaça, tais elementos invadiram sua residência e espancaram a ela e ao seu filho. Depois, roubaram alguns pertences e saíram. De posse desses dados, os PMs saíram a campo e, na Avenida Fabril, detiveram o Valdeir. Este já estava calçado com um tênis do Thiago, filho de Dona Ana. Não teve como negar. Ele disse que fora provocado pelo Thiago e que, por isso, resolvera agredi-lo. Os outros dois elementos já haviam sumido, mas a PM disse que não seria difícil encontrá-los. O Valdeir foi preso na hora.

Quebrou o carro
Antônio se desentendeu com a Eva e, depois de ingerir algumas doses, resolveu tirar satisfação com ela. Começou com o tradicional bate-boca. Xinga pra cá, xinga pra lá e ele decidiu apimentar a discussão. De posse de um porrete, começou a quebrar os vidros do carro da Eva. Quebrou todos. Depois, fugiu e ela chamou a polícia, que não demorou muito a encontrar o agressor. Ele, ainda, tentou se esconder em um terreno baldio, mas foi descoberto e levado para o plantão. (Colaborou Richardson de Bastos).

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...

Causos de Polícia

26/10/2017

Ladrão folgado Um homem (identidade preservada) foi assaltado por dois elementos que estavam em um Celta preto. Ele chamou ...