(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 459

Causos de Polícia Comentários 07 de maro de 2014

Notas Gerais


Tiro na cara
Pouco mais de oito da noite, tudo calmo no Parque Calixtópolis. Oswaldo estava no Bar do Arnaldo, tomando umas cervejas, quando chegaram dois homens em uma motocicleta. Ninguém suspeitou de nada. Mas, de repente, um dos ocupantes da moto desceu de arma em punho e atirou contra Oswaldo, acertando-o no rosto. Chamaram a polícia e o Cabo Mota, juntamente com o Soldado Alcântara, tomou as providências devidas. Os dois motoqueiros sumiram na escuridão. A polícia vai esperar a recuperação de Oswaldo para saber se ele tem algum suspeito.

Ficou sem a moto
Camila estava chegando em casa, pouco mais de sete e meia da noite, isto na Avenida das Paineiras, Vila Góis. Parou a moto e desceu para abrir o portão, quando foi surpreendida por um elemento desconhecido, todo gentil, lhe dizendo: “Oi moça... Já que você chegou em casa e não vai sair mais, poderia me emprestar a moto?”. Ela respondeu: “Cara, não te conheço, como vou emprestar moto para você?”. Ele disse “Por um motivo muito simples: estou com este revólver aqui, carregadinho e pronto para mandar alguém conversar com São Pedro. E, pode ser você...”. Ela, achando que ainda está muito nova para tal empreitada, decidiu entregar a chave da moto, o celular e os documentos pessoais. O Sargento Wilson e o Soldado Freitas atenderam a esta ocorrência.

Caíram do cavalo
Lenilson e Lucas estavam dando um rolé pelas ruas do Filostro Machado, a bordo de uma reluzente caminhonete. Pareciam dois ricos fazendeiros. Mas, o Cabo Romes e o Soldado Branco resolveram dar uma checada na dupla. Não deu outra... A caminhoneta fora roubada em Alexânia e os dois pediram a Camila para guardá-la em sua casa. Todavia, durante a abordagem, Camila apareceu e disse que fora vítima do furto de sua moto e apontou Lenilson como autor. Diante de toda esta confusão, os policiais militares decidiram levar todo mundo para a delegacia. Lenilson e Lucas foram autuados em flagrante.

Vizinho indigesto
Natasha mora no centro da Cidade. Por azar, é vizinha de Marcos. Este, tem um problema sério, que é furtar. Dia desses, Natasha saiu de casa e quando voltou viu uma grande confusão em frente à sua residência. Isto, duas e pouco da tarde. Era o tal Marcos que tentou arrombar sua casa e fora contido por populares que o seguravam esperando a polícia chegar. E, de fato, em instantes o Sargento Souza Cruz e o Cabo Djalma chegaram. Marcos foi convidado a entrar na viatura e pegou uma carona até à Praça do Expedicionário onde, coincidentemente, funciona a Central de flagrantes.

Dois valentões
Gustavo é amásio de Cinthya. Ambos têm como endereço o Residencial Vale do Sol. Jeander é amásio de Clébia e têm como endereço o Parque Calixtópolis. Locais bem distantes um do outro. Mas, o que Gustavo tem de comum com Jeander? É que os dois praticam o mesmo esporte: bater em mulher. Esta semana, entretanto se deram mal. A polícia entrou na parada e o Cabo Hélio, com a ajuda do Soldado Sandro, levou Gustavo para a delegacia, onde ele foi autuado com base na Lei “Maria da Penha”. Jeander, também, foi conversar com o delegado, pelo mesmo motivo. Estava acompanhado do Sargento Teixeira.

Visita fatal
Vinte para onze da noite e Joaquim estava fechando seu estabelecimento comercial às margens da BR 153. Foi quando chegaram dois elementos com cara de poucos amigos e deram voz de assalto. Estavam em uma moto de cor preta e armados com um revólver. Joaquim não teve para onde correr. Entregou cerca de R$ 390,00 e os documentos pessoais. Os ladrões ainda levaram um aparelho de i-phone de Marcos, cliente de Joaquim. E, sumiram na escuridão da noite. O caso foi anotado pelo Sargento Carlos e pelo Soldado Nogueira. Joaquim disse que nunca passou tanto medo na vida e que vai tomar mais cuidado de agora em diante.

Roubou, mas foi preso
Wantuil tem uma loja de confecções no Recanto do Sol. Ele leva uma vidinha sossegada, atendendo à clientela formada por muitos amigos. Mas, esta semana Wantuil foi surpreendido por um assaltante que roubou uma porção de mercadorias e sumiu pelas ruas do bairro. Fato ocorrido às quatro da tarde, debaixo de um sol escaldante. Wantuil chamou a polícia e foi socorrido pelos sargentos Peixoto e Miguel, mais o Soldado Andrygo. Com as caraterísticas do bandido e com a ajuda das imagens da câmara de segurança da loja, não foi difícil localizar o autor. Era o Gutemberg, que se diz especialista no Artigo 157 (roubo) do Código Penal. Levado à presença do comerciante, ele foi reconhecido e, diante dos fatos, levado para o Plantão de Polícia. A torcida é para que Gutemberg fique fora de circulação por um bom tempo.

Pedra no carro
O Sargento Westerley e o Soldado Carvalho foram acionados para atenderem a uma ocorrência na Alexandrina. Lá chegando, depararam com Sandra Cristina aos prantos. “Foi o Eurípedes... foi o Eurípedes...”, dizia ela. Depois de acalmada, a mulher narrou os fatos. É que seu ex-esposo, de nome Eurípedes, a procurou e ambos começaram uma discussão. Ele, inconformado com o andamento da briga, apanhou algumas pedras e arremessou contra o carro de Sandra, um Corsa branco, danificando a lataria. Os policiais decidiram, então, levar o casal para resolver o assunto com o delegado.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...