(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 458

Causos de Polícia Comentários 28 de fevereiro de 2014

Operação foi realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar e Ministério Público


Dupla do barulho
Washington e Fabiana decidiram entrar para o mundo do crime. De cara, furtaram uma Parati no Conjunto IAPC. Com ela, se dirigiram a um restaurante da Avenida Universitária, onde foram localizados pelo Sargento Valdeci e pelo Soldado Henrique. Não teve como negar. Além de confessar o crime, o casal disse onde estavam os objetos furtados juntamente com o carro. Foram a uma chácara no setor Santa Cecília e lá encontraram a bolsa e outros pertences da esposa do legítimo dono do carro, de nome Osimar. Carreira curta para o novo casal bandido.

Fato estranho
Claudemir estava nas imediações da Prefeitura resolveu adentrar ao prédio. Só que queria ingressar em um local onde o acesso é restrito. Ele não gostou da advertência e ficou bravo. Por conta disso, acabou dando um soco na vidraça do prédio. Resultado: quebrou o vidro, mas cortou o braço. O Cabo Almeida foi chamado e resolveu intervir. Mas, segundo ele, ninguém da Prefeitura quis ir à delegacia dar sequência ao incidente. Assim sendo, Claudemir foi liberado.

Fim de um sonho
Wellington morava com Jucineide. Mas segundo ela, de uns tempos para cá ele anda meio agressivo e por isso resolveu deixá-lo. Só que, Wellington disse que não aceitava a separação. Ela, por precaução, ligou para o 190 e foi atendida pelo Soldado Clodoaldo, que lhe deu cobertura para que ela retirasse seus objetos de uso pessoal da casa. Isso, na Vila Góis, às dez horas da noite.

Foram encarar...
Raynner e Cláudio circulavam pelas ruas do Bairro Jundiaí em uma motocicleta. Até aí, nada demais. Mas, o Tenente Valente e o Soldado Paulo César, experientes que são, desconfiaram da dupla. Assim sendo, resolveram abordar os dois. Raynner e Cláudio tentaram fugir. Os policiais deram em cima. Feita a abordagem, os dois ainda partiram para a agressão verbal e o desacato aos militares. Então, prevaleceu a força da lei. Os dois foram enquadrados por desacato, resistência e, ainda, por porte de arma, um 38 que estava na cintura de Raynner. Aconteceu às oito da noite.

Caso complicado
“Não te amo mais...” disse João Paulo a Josiane, ao chegar do trabalho. Foi no Jardim América, pouco antes de oito da noite. “Isso não se faz... Depois de tudo o que houve entre nós, agora você vai me deixar na mão?”, argumentou ela. “É a vida, minha filha...”, disse ele. A mulher, então, partiu para a ignorância, agredindo o, então, amor de sua vida. Ele chamou a polícia e foi socorrido pelo Soldado Clodoaldo. Disse que acabou mesmo.

Falsos agentes
“Bom dia, dona...” Disseram três indivíduos que estavam em um carro Gol, de cor preta, para Maria Anzerina, moradora do Parque Brasília. Ela, na maior inocência, respondeu: “Bom dia, meus amigos... Vocês querem alguma coisa?”. Um dos sujeitos disse: “A gente é do combate à dengue e precisamos dar uma olhada na casa da senhora”. Ela não se opôs e abriu a porta. Os três entraram, conversaram um pouco e foram embora. Quando Maria foi conferir, viu que sua bolsa havia sumido e dentro dela estavam um cartão do banco e o cartão do INSS. Foi o que ela disse ao Soldado Nunes.

No ponto de ônibus
Cinco e meia da manhã, Cleidimar, debaixo de chuva, esperava pelo ônibus para ir ao trabalho. Isto, no Industrial Munir Calixto. Ela nem percebeu quando se aproximou um covardão usando um boné, com uma faca na mão e cara de bravo. “Me dá esse celular, se não, eu abro sua barriga para ver oque tem dentro...” esbravejou o assaltante. Ela, coitada, sem defesa, entregou a bolsa e ligou para a PM. Logo chegou o Sargento Rosonei que ainda tentou localizar o malfeitor, mas não obteve sucesso.

Assalto ousado
Três elementos ocupando um carro Audi, de cor preta, chegaram a um posto de combustíveis no DAIA e disseram ao funcionário Renan que eram do PROCON. De fato, usavam colete parecidos com os que são usados pelos servidores daquele órgão fiscalizador. Mas, eram, na verdade, assaltantes, E, não perderam tempo. Levaram R$ 11 mil em dinheiro vivo, tomando o rumo de Leopoldo de Bulhões.

Falso policial
Davidson entrou no Quarto Batalhão da Polícia Militar, na Avenida Brasil, dizendo-se policial civil e tirando a maior onda. Estava, até, com uma camiseta daquela instituição. De repente, alguém solicitou que ele apresentasse as credenciais e Davidson se enrolou todo. Não era policial coisa nenhuma. Sendo assim, o Sargento Vicente o convidou para comparecer à Praça do Expedicionário onde ele iria conceder uma entrevista ao delegado de plantão. E, assim aconteceu.

Adeus bike
Marcos Antônio foi visitar sua namorada, no Residencial Copacabana. Carinhos pra lá, carinhos pra cá e as horas foram passando. A futura sogra, ainda, serviu-lhe um cafezinho e algumas bolachas de sal. Deu a hora de ir embora, pois no dia seguinte ele teria de ir para o trabalho. “Vai agora não, meu bem... Fica só mais um pouquinho...” teria dito a amada. “Posso não, mô... Moro longe e tenho de ir...” disse Marcos docemente. E, quando dirigiu-se ao quintal da residência para apanhar a bike, sentiu um frio na espinha. Sua condução, uma bicicleta novinha, não estava mais lá. Todavia, o ladrão, muito generoso, deixou uma bicicleta velha, caindo aos pedaços, no lugar da novinha. Foi o que ele narrou ao Sargento Rosonei e ao Soldado Rogimar.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...

Causos de Polícia

26/10/2017

Ladrão folgado Um homem (identidade preservada) foi assaltado por dois elementos que estavam em um Celta preto. Ele chamou ...