(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 435

Causos de Polícia Comentários 13 de setembro de 2013

Notas Gerais


Ladrão folgado
Aldimeide Rodrigues, mais conhecido em Senador Canedo por “Palhacim” é um dos caras mais folgados do Brasil. Depois de várias passagens pela Polícia, ele não se emenda... Esta semana o Sargento Ribeiro e o soldado Marden faziam uma inspeção pela área, quando, ao passarem em frente à Delegacia da Mulher, notaram que a porta estava aberta e havia uma luz acesa lá dentro. Isto, altas horas da noite. Os militares resolveram dar uma checada. E, não é que “Palhacim” estava lá dentro, com uma sacola cheia de produtos roubados? E, não é que se tratava da segunda vez que ele roubava aquela delegacia? Não teve jeito... “Palhacim” foi levado para outra delegacia, onde ficou preso.

Bandido reclama
Johny Félix, apesar de ter, apenas 20 anos, já é “bandido perigoso”. Esta semana ele trocou tiros com seguranças de um shopping e com a própria polícia, em Goiânia, depois de assaltar uma joalheria, acompanhado por dois comparsas. Ao ser entrevistado por uma emissora de TV, ele reclamou dos seguranças dizendo que eles não poderiam ter atirado para evitar sua fuga. “Eles não têm responsabilidade. Como é que ficam dando tiros em meio a tanta gente? Desse jeito nós não temos nem segurança para trabalhar”, disse o bandido. Seu colega, o menor J.V.F., de 17 anos, também reclamou dos seguranças, afirmando eu eles eram irresponsáveis e que deveriam ter deixado o trio leva os produtos do roubo. Pode?

Atentado
Josué, que mora no Conjunto Mirage, estava em companhia de sua amásia, quando foi abordado por um homem não identificado, pois este usava um capacete. Sem muita conversa, o estranho motoqueiro abriu fogo contra Josué, atingindo-o na perna. Sua amásia disse desconfiar que o atirador seja o ex-marido dela que não concorda com a separação. Josué foi levado ao Hospital de Urgências, onde recebeu os primeiros socorros.

Roubadas
Lívia e Adriana estavam no Calixtolândia já passava da meia noite. E, quem passou por lá foi Luiz Gustavo, acompanhado de um tal “Boticário”. Ambos são ladrões e assaltaram as moças, levando uma bolsa com R$ 150 em dinheiro, um vidro de perfume, um celular e um anel. Luiz Gustavo escondeu-se no mato. Mas, o Sargento Sinvaldo e o Soldado Cavalcante encontraram o Luiz escondido em uma moita e o levaram para o plantão.

Susto na família
Bruna, 27 anos, bem resolvida, passou um susto na família esta semana. A moça chegou da faculdade e foi treinar em uma academia, no Bairro Jundiaí. Isto às onze da noite. Só que ela não retornou e a família procurou a polícia, já pensando no pior. Carros de amigos e familiares rodaram a noite toda procurando Bruna e, nada de ela aparecer. Já na manhã do dia seguinte, com as polícias Civil e Militar mobilizadas, ela chegou em casa. Um parente disse que a moça estava chateada com alguns acontecimentos e resolveu fazer “greve de fome” e, com isto, chamar a atenção da família. Conseguiu.

Falso comerciante
Em Goianésia a Polícia Civil realizou a prisão de um homem que se identificou como João Roberto do Carmo, de 41 anos. O mesmo é acusado de cometer furtos no comércio local e revender os produtos em outras cidades. Com o acusado, os policiais conseguiram recuperar, aproximadamente, R$ 6 mil em produtos. Apesar de ter se identificado como João Roberto, a polícia acredita que o seu verdadeiro nome seja João Aparecido de Paiva, de 42 anos, uma vez que ele mesmo admitiu que seus documentos são falsos. Documentos com os dois nomes foram encontrados em sua pasta.

Traficante
Uma mulher foi presa após ser flagrada tentando transportar, aproximadamente, oito quilos de drogas em um ônibus, na tarde da quarta-feira (11), na BR-060, em Goiânia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mulher de 24 anos, viajava de Goiânia para Araguaína-TO quando o ônibus em que ela estava foi parado para uma abordagem de rotina. Segundo a corporação, os policiais perceberam que a mulher estava nervosa e decidiram verificar a bagagem dela, onde encontraram cerca de seis quilos de maconha e dois de substância parecida com crack. A suspeita foi encaminhada à Polícia Federal.

Em Jaraguá
Eberson Alves Mesquita, o ‘Neguinho’, usuário de drogas, mora em Jaraguá. Esta semana ele foi abordado pelos policiais do GPT e ficou nervoso. Os agentes notaram que Eberson estava com alguma coisa muito grande dentro da boca. Era uma enorme porção de drogas que ‘Neguinho’ tentava esconder. Apertado pelos policiais, ele disse que havia comprado a droga na casa do traficante “Sula”. Os agentes foram lá, mas “Sula” estava pescando. Para não deixar o “negócio” parado, ele passou a responsabilidade para uma mulher de nome Arilúcia. Esta, que já tinha passagem pelo Artigo 155 (furto simples) do Código Penal vai, agora, responder também pelo Artigo 35 (Associação Para o Tráfico). Dançou...

O presente
Talita ganhou um celular de presente no dia do seu aniversário de casamento com Anderson. No dia seguinte ela já não mais estava com o aparelho. Chorosa, Talita disse que o telefone Galaxy fora roubado na empresa onde ela trabalha, no DAIA, mas que não vai dar queixa por ser novata na firma e tem medo de ficar antipática junto aos colegas. Também disse não desconfiar de ninguém, já que é bem tratada por todos e corresponde com a mesma gentileza. Ficou no prejuízo.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

12/07/2018

Trio enrolado Madrugada de terça para quarta-feira, integrantes da Segunda Companhia do Quarto BPM patrulhavam as ruas do B...

Causos de Polícia

05/07/2018

Saiu, perdeu O Senhor Almir, que mora na Vila Norte, foi ao Plantão Policial queixar-se de furto em sua casa. Ele disse qu...

Causos de Polícia

28/06/2018

Mãe valente Um rapaz de nome Alan foi abordado por policiais militares em uma das ruas do setor Arco Íris. Como não porta...

Causos de Polícia

21/06/2018

Arma ilegal Um homem, cujas iniciais do nome são J.R., morador em Goianápolis, foi conduzido ao Plantão Geral de Polícia...