(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de polícia - Ed. 429

Causos de Polícia Comentários 02 de agosto de 2013

Notas Gerais


Estanho caso
Hodimar mora no Paraíso (o bairro) na companhia de Ewerton. Até aí, nada de mais. Só que, esta semana, ao chegar em casa, Hodimar viu que suas coisas estavam reviradas. Resolveu aprofundar na investigação e sentiu falta de R$ 300 que estavam guardados, mais um aparelho celular. O primeiro suspeito, claro, foi Ewerton. Procurou por ele e... nada. O dito cujo desapareceu. Foi esta a história que Hodimar contou ao Cabo Santana e ao Soldado Alves.

No meio da rua
Três e vinte e nove da tarde e Maria Edna passava em frente à Câmara Municipal. De repente, apareceu em sua frente um elemento que ela jura nunca ter visto mais gordo e apontou-lhe uma faca de uns vinte centímetros. O bandidão tomou a carteira de Maria Edna, com R$ 190 mais seu aparelho celular. Ela foi atendida pelos soldados Ederson e Cardoso, que lhe deram total assistência. Maria Edna ficou indignada com a audácia do assaltante. Foi ao Plantão Policial registar a ocorrência.

‘Coroa’ assaltando
Uma e vinte da tarde e Neide, toda despreocupada, trafegava pelas ruas do JK Nova Capital. Eis que, senão quando, surgiu em sua frente um cidadão acima de qualquer suspeita, aparentando ter de 50 anos para cima. E, não é que o tal “senhor” era um baita de um assaltante? Sem muita cerimônia, ele tomou o Celular de Neide e saiu na maior carreira. Ela gritou, gritou, mas ninguém a socorreu. Em seguida, ligou para o 190 e foi atendida pelo Cabo Fábio.

Roubo no caminhão
Silvério e caminhoneiro e corta o Brasil de ponta a ponta, transportando o progresso. Esta semana ele chegou a um posto de combustíveis na BR 060, região urbana de Anápolis, encostou o caminhão e foi tomar banho. Quando retornou, viu que o quebra-vento de uma das portas havia sido arrebentado. Os ladrões levaram o tacógrafo do veículo; uma mochila com dois talões de cheques, mais um cheque de R$ 480, preenchido, uma jaqueta de couro e um telefone celular. Ocorrência atendida pelos cabos Célio e Tomé.

Levaram a moto
Dez e dez da noite, Fábio pilotava sua moto Honda, de cor vermelha, levando Alinne na garupa. De repente, um Celta de cor preta estacionou bem atrás dele e desceram três indivíduos, todos armados de revólveres. Queriam a moto. Queriam e, levaram. A Fábio, não restou outra coisa que não fosse ligar para o 190. Ele foi atendido pelos cabos Célio e Tomé.

Tiro na perna
Daniel e Antônio retornavam de um show sertanejo na madrugada de terça-feira, quando ao passarem pelas proximidades de um posto de combustíveis no Anápolis City foram alcançados por um motoqueiro. Este, sem mais delongas, e sem nenhuma explicação, sacou de uma arma e disparou três vezes na direção da caminhonete Saveiro, onde estavam os dois amigos. Uma bala acertou a perna de Daniel. Este, foi socorrido pelo Sargento Félix e pelo Soldado Gessi que acionaram o SAMU.

Maria assaltada
Maria Aparecida é frentista de um posto de gasolina no DAIA. Esta semana ela estava cumprindo com seu dever, por volta de sete e quarenta da noite, quando apareceu um bandido covarde e levantou a camisa. Deu para ela ver, nitidamente, um baita revólver na cintura do marginal e entendeu que era um assalto. Sem qualquer dificuldade, ele tomou R$ 200 de Maria Aparecida que ficou pálida de tanto medo. O Cabo Batista chegou em poucos minutos. Mas não conseguiu localizar o assaltante.

Sandália X maconha
Wander e Edna moram no Conjunto Filostro. Segundo eles, dias atrás a casa foi arrombada e, dela, foram subtraídos alguns pertences, dentre eles, um par de sandálias. Esta semana, o casal deparou com Geovanni, morador das proximidades, todo folgado usando as referidas sandálias. O casal chamou a polícia e foi atendido pelo Sargento Lima e pelo Soldado George. Geovanni explicou aos policiais que havia trocado uma porção de maconha pelo par de calçados em questão. Mas, não disse com quem fizera o “negócio”. Resultado: foi levado para a Delegacia

Estranho quinteto
Thiago; Leone; Sula, Rafael e Roseane vieram de Samambaia, Distrito Federal, para assistirem a um show sertanejo em Anápolis. O quinteto, ocupando um Kadette, com placas de Brasília, estava em um posto de gasolina em atitudes suspeitas, o que chamou a atenção do Cabo Holanda e do Soldado Thallys. Foi feita a abordagem e em poder do grupo os militares encontraram mais de R$ 6 mil em dinheiro, uma folha de cheque em branco e uma mochila, na qual estava um revólver calibre 38, com cinco munições intactas. Todos foram encaminhados ao Plantão Policial.

Na lanchonete
Roberto Carlos, que não é o Rei da Jovem Guarda, tem uma pequena lanchonete no Bairro de Lourdes, de onde tira o sustento da família, trabalhando honestamente. Mas, nem por isso, dois desconhecidos, portando armas de fogo, adentraram o estabelecimento pouco antes da meia noite e deram voz de assalto. Levaram, dentre outras coisas, R$ 290 em dinheiro vivo, mais os telefones celulares, documentos e carteiras dos clientes Gustavo e Edmar, que ali estavam. O Sargento Anderson e o Soldado Martins atenderam a esta ocorrência.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...