(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 423

Causos de Polícia Comentários 21 de junho de 2013

Notas Gerais


Ladrão azarado
Elciane tem um pequeno restaurante no Parque Brasília. Esta semana lá chegou um elemento moreno, de camiseta listrada e boné preto, calçando sandálias de dedo. Elciane pensou que fosse um freguês e prontamente se dirigiu para atendê-lo. Qual nada, o cara era um tremendo assaltante que, com um baita revólver na mão. Mas, deu azar. A vítima não tinha um centavo sequer. O bandidão só conseguiu levar dois capacetes e uma chave de moto.

Brigonas
Mirielly e Tatiane moram no Residencial Flamboyant e não se dão muito bem. As provocações, de ambas as partes, acontecem quase que diariamente. Mas, esta semana, as duas passaram dos limites e Mirielly apossou-se de uma faca, afirmando que queria abrir a barriga da vizinha. Foi uma luta para os vizinhos desarmá-la. Ela estava furiosa e dizia que iria matar quem atravessasse em seu caminho. O Sargento Edvaldo e o Soldado Lusimar chegaram na hora e acabaram com a confusão. Isto, já era quase meia noite.

Casal complicado
Patrícia e Celso, ambos com passagem pela polícia, foram acusados de furtarem objetos na casa de Valéria, isto no Bairro Boa Vista. O Sargento Mundim e os soldados Santos e Luciano foram averiguar. Encontrando a dupla acusada, os policiais localizaram, também, os produtos furtados, a maioria roupas íntimas e documentos. Foi lavrado um boletim de ocorrência contra o casal.

Casal assaltado
Leonardo e Dalva têm um comércio na Jaiara. Esta semana, nove e quinze da noite, eles já se preparavam para fechar o estabelecimento, quando chegaram dois homens armados com revólveres e deram voz de assalto. Levaram câmeras digitais, telefones celulares, R$ 2 mil em dinheiro vivo e outros objetos. O Sargento Souza Cruz e o Soldado Marcos atenderam à ocorrência.

Vacilou...
Fernando, que mora na Jaiara, saiu “por um instantinho” de casa. Mas foi tempo suficiente para que ladrões adentrassem no imóvel e fizessem um limpa. Levaram quatro frascos de perfume, um protetor labial, uma roda aro 13 com pneu, uma mochila, um secador de cabelos e um pincel marcador. Ah... mais quatro canetas esferográficas. Ele chamou a polícia e foi prontamente atendido pelo Sargento Souza Cruz e pelo Soldado Marcos. Os policias fizeram uma investigação e descobriram que o produto do furto estava em poder de um menor residente nas proximidades. Todo mundo na delegacia.

Ficou sem som
Felipe foi a uma faculdade fazer exame de aptidão. Deixou seu reluzente Gol, de cor prata estacionado bem em frente. Quando retornou, vi que a porta estava arrombada. Entrou no carro e sentiu falta da aparelhagem de som. Um toca CD; cinco twiters; seis autofalantes, um módulo e outros equipamentos mais. Chamou no 190 e foi atendido pelo Cabo Holanda e pelo Soldado Sandro. Mas o ladrão, e, os aparelhos, viraram fumaça.

Dupla perigosa
Roberto Carlos e Lucas Luiz, além de amigos, gostam de viver perigosamente. Esta semana eles foram abordados pelo Cabo Hélio e pelo Soldado Sandro. Procura de cá, procura de lá, e, os policiais encontraram duas porções de drogas com os suspeitos. Foram levados para o Plantão Policial, onde se lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência contra ambos.

Furtou lâmpadas
Fabiana tem uma loja de materiais elétricos na Jaiara. Deivid, que não tinha coisa melhor para fazer, resolveu furtar algumas lâmpadas ali. E, acabou furtando, mesmo. Só que ela, mais esperta, chamou a polícia e logo compareceram o Sargento André, o Cabo Hélio e o Soldado Luciano que conseguiram deter o Deivid. Foi levado, direto da Rua Corumbá, para o Quarto Distrito Policial.

Bateu na irmã
Cássio e Valéria são irmãos e moram no Residencial Vale do Sol. Ela é “de boa”, mas, ele, gosta de ingerir e fumar coisas proibidas. Esta semana, o valentão cismou de bater na irmã. E, bateu. Ela, injuriada, chamou a polícia e foi socorrida pelo Cabo Westerley e pelo Soldado Jardim. Foi levada para registrar a ocorrência, pois o valentão, quando viu a viatura policial, deu no pé...

Atendimento
Criado com o objetivo de cumprir os Mandados de Prisão expedidos pelo Poder Judiciário, bem como o de dar apoio operacional às Delegacias de Polícia que compõem a 3ª Delegacia Regional de Polícia, sediada em Anápolis, o Grupo Capturas e Apoio Operacional já deu cumprimento a 131 Mandados de Prisão. A criação do CAOP, há seis meses, partiu de iniciativa do Delegado Titular da 3ª Delegacia Regional de Polícia, Álvaro Cássio dos Santos.

Matou o tio
Policiais Civis de Padre Bernardo prenderam Cleyton Moreira Dias, em flagrante, após este assassinar seu tio Aunito Rodrigues Dias a golpes de faca. O crime ocorreu no interior do estabelecimento comercial ‘Nosso Bar’, localizado na Rua Tiradentes, no centro de Padre Bernardo.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...