(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 422

Causos de Polícia Comentários 14 de junho de 2013

Notas Gerais


Barbárie
A dona de casa Solange Pereira Evangelista Oliveira foi atacada covardemente pelo seu ex-companheiro Nilton da Silva Oliveira, conhecido por Niltinho, enquanto aguardava uma amiga, dentro de seu veículo. Segundo informações, de posse de um litro de gasolina, o autor aproximou-se do carro em que estava a vítima, jogou o combustível contra a mesma e ateou fogo em seguida. O fato aconteceu em Vila Boa, no município de Flores de Goiás.

Vacilou, caiu
Sirley, com cara de que não queria nada, entrou em uma loja famosa da Rua Engenheiro Portella e ficou olhando as mercadorias. Escolhe daqui, escolhe dali e, acabou definindo por alguns produtos. Colocou tudo numa sacola e foi saindo de mansinho. Não passou pela fila do caixa. Quando chegou à calçada, os seguranças da loja, que já estavam de olho nela, fizeram a abordagem. Aí, não teve jeito... Ela confessou e foi levada para a delegacia onde o delegado a esperava. Autuada por furto qualificado.

Clonador mor
Judeci Ferreira Lima, de 49 anos, conhecido como o “rei da clonagem”, e sua esposa Zilda Nunes Pedro Lima, de 39 anos, foram apresentados à imprensa de Goiás esta semana. Seus mandados de prisão foram cumpridos em uma chácara na região de Goianira, a 32 km de Goiânia. O casal é acusado de prestar serviços de clonagem para quadrilhas especializadas em roubos e furtos de veículos na Capital e na região metropolitana. Paulo Rosa de Jesus, de 34 anos, integrante do grupo, também foi preso no mesmo dia.

Encarou a PM
Leandro foi abordado por uma viatura da Polícia Militar e não gostou disso. Passou a destratar os agentes da lei. Depois, saiu correndo e os militares correndo atrás. Pega, não pega, e... pegaram. Ao ser detido, Leandro ficou mais bravo ainda e investiu contra os policiais, distribuindo chutes, socos e safanões. Mas, logo, logo, foi acalmado. É que ele, Leandro, estava sob efeito de alguma substância que o deixava doidão.

Em Corumbá
No dia 10 de junho de 2013, por volta das 19h10, na região central de Corumbá de Goiás, dois indivíduos montados em uma motocicleta Titan e com uma arma de fogo em punho, tomaram em assalto, outra moto (CG/Titan, cor cinza, placa de Anápolis). De posse das informações, as equipes das viaturas 5404 e 5405, compostas pelo Sargento Carneiro, pelo Cabo Wires, mais os soldados César e Evangelo, após tomarem conhecimento do fato através da vítima, realizaram intenso patrulhamento e cerco. Com o apoio da viatura 6463 de Planalmira, ocupada pelo Sargento João Marcos e pelo Cabo Boa Ventura, na BR-414, conseguiram interceptar o suspeito recuperando o veículo e prendendo um dos autores do roubo, que tinha um mandado de prisão em aberto. O elemento foi encaminhado e autuado no 1° DP de Anápolis.

Ficou sem o carro
Edgard parou seu Gol vermelho na Avenida Alfredo Nasser, Bairro Jundiaí. Achou que estivesse seguro, pois é um local bem movimentado, com várias empresas, perto de uma igreja e, até, de uma delegacia de polícia. Qual nada. Ao retornar, levou o maior susto. O carro havia desaparecido. Edgard ficou só com as chaves nas mãos e, desconsolado, chamou a polícia. Ele disse que nem imagina quem possa ter levado seu automóvel.

Estelionatários
Três homens suspeitos de estelionato foram presos pela prática de fraude nos caixas eletrônicos a um banco. O grupo foi apresentado pela Polícia Civil na Delegacia de Investigações Criminais em Goiânia, e também já teria praticado os crimes em São Paulo, seu Estado de origem, e no Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, os três suspeitos instalavam um dispositivo nos caixas eletrônicos que retinham os cartões nas máquinas fora do horário de atendimento. A fraude consistia, também, em desviar a linha telefônica dos caixas para a central dos criminosos. Ao entrar em contato solicitando ajuda, o cliente era "orientado" pelos bandidos a fornecer a senha. Em seguida, as vítimas eram informadas de que o cartão havia sido bloqueado e que deveriam comparecer na agência para retirá-lo.

Confusão na Fabril
Odete, que é conhecida por “Dete”, mora na região da Vila Fabril. Além de bater papo com vizinhos, ela gosta, também, de tomar umas pingas. E, quando bebe, fica insuportável. Esta semana ela implicou com Janaína, sua vizinha “de grito”. Disse que ela, Janaína, era muito relaxada e não cuidava bem dos quatro filhos. Janaína se ofendeu e chamou Odete de tudo quanto era nome que tinha em seu vocabulário. Odete pegou uma faca de cozinha e disse que iria abrir a barriga da outra, para ver o que havia dentro. Não deu tempo. Janaína correu para a casa da sogra, Eleusa, e chamou a polícia. No final, tudo ficou bem. Ninguém foi preso, nem morreu. Menos mal.

Desativados
Odair José, que não é aquele famoso cantor e, Felipe dos Santos, têm um passado não muito recomendável. Devem algumas coisas à Justiça. Isso, entretanto, não os impedia de andar livres, leves e soltos por toda a cidade de Goiânia. Esta semana, entretanto, a dupla se deu mal. Ao ser abordada por uma equipe comandada pelo Sargento Cavalcante, “a casa caiu”. Ao puxar a ficha dos dois, constavam dois mandados de prisão. Mandados cumpridos e os dois foram para a cadeia.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...

Causos de Polícia

26/10/2017

Ladrão folgado Um homem (identidade preservada) foi assaltado por dois elementos que estavam em um Celta preto. Ele chamou ...