(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 334

Causos de Polícia Comentários 30 de setembro de 2011

Notas Gerais


Salto para a morte
Por volta das 5h30 desta quinta-feira (29), um incêndio atingiu um apartamento no 12º andar de um prédio que fica na Avenida G, entre o Lago das Rosas e o Hospital Geral de Goiânia (HGG), no Setor Oeste, na Capital do Estado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, estavam no local quatro pessoas. Um casal, de acordo com os bombeiros, pulou do apartamento. O homem morreu na hora e, a mulher, teve a queda amenizada devido a um toldo. Ela foi encaminhada ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) em estado grave.

Anciã traficante
Foi presa em Morrinhos, Sul de Goiás, Aparecida Pereira, de 59 anos de idade, conhecida como “Vovó do Fumo”. Na residência dela foram apreendidos R$ 15,9 mil. Ela, também, mantinha outra casa para armazenar as drogas. No local foram encontrados 10 quilos de maconha prensados em barras e tijolos. Outros cinco quilos da droga foram apreendidos em uma fazenda. O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos da Polícia Civil de Itumbiara (Genarc) descobriu que Aparecida fornecia maconha em Morrinhos e Caldas Novas. Segundo a polícia, a acusada traficava em nome de seu companheiro Flávio de Castro, conhecido como “Bitinho”, que está preso por tráfico.

Presos poetas
A Agência Goiana do Sistema de Execução Penal promoveu na quinta-feira, 29, no Presídio Feminino, a 5ª e a 6ª edições do concurso de poesia do Projeto “Arte Poética Renascer”, sob o tema “Descobrindo o Ser Humano”; o lançamento da planta da Clínica de Recuperação Renascer (centro de tratamento de dependentes químicos que será implantado dentro do Complexo) e o lançamento do livro de poesias do Renascer (produção das poesias apresentadas nas edições anteriores do concurso de poesias do Complexo), editado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. A programação constou de apresentações de música, além das poesias concorrentes que foram recitadas pelos presos que as compuseram. A iniciativa visa valorizar o trabalho de assistência aos presos dependentes químicos que estão em tratamento dentro do Programa Renascer da AGSEP.

Drama na delegacia
Mesmo com larga experiência na função, a Delegada de Defesa da Mulher, em Anápolis, Aline Soares Vilela se comoveu diante da história de uma senhora casada que foi vítima de violência sexual e acabou se engravidando. A mulher estava prestes a tirar a própria vida por não aceitar carregar no ventre um feto indesejado. Com o apoio da pastora Sonaly Lande, da ONG “Hadassa”, que assiste a mulheres vítimas de violência em Anápolis e, com muita habilidade, a delegada conseguiu demover a vítima da ideia, se comprometendo a ajudá-la. O caso emocionou a todos na Delegacia.

Setembro negro
O mês de setembro foi o mais violento do ano, em termos de homicídios em Anápolis. Nada menos que dez pessoas foram assassinadas. No último final de semana, Cleudo Oliveira André foi morto com 18 disparos de pistola 380, na divisa de Anápolis com Gameleira de Goiás. Outro que perdeu a vida foi Edmar Alves Andrade, o “Didi”, 29 anos, que levou muitas facadas. A Polícia trabalha com a possibilidade de acerto de contas devido ao consumo e/ou comercialização de drogas.

Família problema
Sérgio, 22 anos, furtou um botijão de gás, um aparelho de DVD e dois televisores. À Polícia ele disse que praticou os furtos para se vingar de Rosely, sua vizinha, que estava fazendo “gatos” de água e energia elétrica, ou seja, teria feito ligações clandestinas de um terreno para o outro. No rolo, foi presa, ainda, Kalistênia, esposa de Sérgio. Já a Edileusa, sua prima, acabou indo para a delegacia por ser receptadora dos produtos furtados. Para não ficar atrás das grades, pagou um salário mínimo (R$ 545) de fiança e vai responder em liberdade. Tudo isso aconteceu no residencial Munir Calixto, esta semana.

Os bezerros
Ninguém desconfiou de uma manada de bezerros sendo tocada pela BR 414, sentido Corumbá. Pois, os animais eram furtados da propriedade do senhor Emílio Carlos. E, foi a segunda vez que isto ocorreu. Da primeira, levaram 20 animais. Da segunda, mais 46. E, até ontem, não se tinha conhecimento do paradeiro dos bovinos.

Fujonas
Acabou nesta quinta-feira, 29, o drama das famílias das garotas J, de 13 anos e, L, de 15. As duas, segundo informou a própria mãe de uma delas, estavam “namorando” e quando foram repreendidas se rebelaram e fugiram de casa. Por volta do meio dia da quinta-feira, ambas foram localizadas na Praça Bom Jesus, em companhia de um conhecido traficante. O Delegado Regional, Luiz Teixeira foi, pessoalmente fazer a apreensão das menores e a prisão do maior. As garotas foram entregues aos familiares.

O maníaco
Por mais que a polícia se esforce, ainda não foi localizado o paradeiro do maníaco sexual que ataca mulheres na região Norte da Cidade. Ele teria agredido a dez vítimas. Pelo menos quatro estupros foram confirmados como sendo de sua autoria, através de exames de DNA realizados por solicitação da Delegacia da Mulher. Três agentes estão no encalço do tarado.

Colaborou Renato Campos

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

08/11/2018

Droga na praça I A Auxiliadora, que não anda auxiliando a ninguém ultimamente, foi abordada por policiais militares (Patr...

CAUSOS DE POLÍCIA

02/11/2018

Comércio ilícito Dois elementos, cujas identidades não foram reveladas, estavam no que a Polícia chama de “em atitude ...

Causos de Polícia

25/10/2018

Bananas da discórdia Os integrantes da viatura 8892 foram acionados para atenderem a um caso de violência doméstica, ist...

Causos de Polícia

11/10/2018

Mau começo O Adson, na companhia do menor de inicial G, andava dando a maior sopa nas ruas de Anápolis. Nem parecia que os...