(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed.572

Causos de Polícia Comentários 26 de maio de 2016

Notas Gerais


Dupla complicada
Policiais da viatura 7458 iam pela Avenida Presidente Kennedy, quando viram uma moto com dois elementos. O garupa estava sem capacete e, quando viu o veículo da lei, pulou e saiu correndo. O condutor, sem poder fazer anda, parou. Fo abordado e logo abriu o bico. Disse que a moto era produto de furto, mas quem havia furtado fora o que pulou e que reponde pelo nome de Vitor, mas que gosta de se chamado pelo apelido d e “Zoião”. O “Zoião” entregou o comparsa, que se chama José Denis, mas que é mais conhecido por “João da Praia”. Em poucos minutos os dois estavam sob o domínio dos policiais. Mas, um ficou jogando a culpa no outro. Resultado: os dois foram em cana para explicar os detalhes ao delegado de plantão.

Desativados
Policiais do Sétimo DP ficaram sabendo que no Bairro Paraíso estava escondido um Pálio com restrição de e furto e que estava sendo utilizado para a prática de vários delitos na região. Foram para lá. Na casa, encontraram o menor de inicial L e, este, logo entregou o Raí. O Raí tem 23 anos e não teve como negar a conduta criminosa. No interior o da casa os policiais encontram vários objetos que foram furtados e/ou roubados. Uma das vítimas reconheceu a dupla.

Assaltado deu no pé
O menor de inicial B. vinha pela Avenida Brasil, proximidades da Prefeitura. De repente foi cercado por dois outros menores: o G.F. e o GW, ambos de 15 anos. A vítima, entretanto, não se intimidou e mesmo diante de uma arma que lhe era apontada, empurrou um dos assaltantes e saiu na maior carreira, sendo capaz de vencer o Usain Bolt nos 100 metros rasos. E, logo à frente, encontrou-se com alguns policiais, a quem contou o ocorrido. Os militares foram em busca da dupla de assaltantes e não demoraram a encontrá-la, perto do SESI do Jundiaí. Levados para um papo irado com o doutor delegado. A arma deles era um simulacro.

Adeus, cervejas
O Marco Antônio carregou sua carreta de cervejas na Bahia e vinha tranquilamente rodando pelas estradas de Goiás. Eis que se não quando, apareceu um assaltante e mandou que ele parasse. Ele parou. O bandido entrou na cabine e mandou que ele seguisse. Perguntou se o caminhão tinha rastreador. Marco Antônio disse que sim. Logo apareceu outro bandido, com uma mochila. Dentro da mochila, aparelhos de bloqueio de rastreadores e desligaram o sistema. Os marginais levaram o motorista para o meio do mato e cuidaram bem dele. Deram-lhe almoço e água. Disseram que queriam somente a carga. E, foi siso o que aconteceu. Por volta de sete e meia da manhã a carreta foi localizada em uma estrada vicinal perto de Abadiânia, com os faróis ainda acesos. A carga, no valor de 290 mil reais havia evaporado.

Furto estranho
Dona Matilde tem uma casa que, atualmente, está sem moradores, na Avenida Pedro Ludovico. Esta semana ela foi visitar o imóvel e deu falta de vários objetos, utensílios e outros aparelhos próprios de uma residência. Ela disse que paga uma pesos para fazer a manutenção da casa, mas não gostaria de acusar a ninguém. O delegado de plantão ficou de investigar o que, de fato, aconteceu.

Três contra uma
A Sandra caminhava pelas ruas do Parque das Primaveras por volta de quatro e pouco da tarde. Sol de rachar mamona. Ela viu que se aproximou um Pálio de cor prata e, dentro dele estavam três sujeitos. Mas, nem imaginou que em segundos seria abordada pelo trio. E, foi o que aconteceu. O motorista do carro desceu com um revólver parecendo um fuzil e apontou para a cabeça dela. “Dona, chegou a sua hora. A senhora vai para outro mundo agora mesmo, se não entrega sua bolsa”. A Sandra, assustada, disse toda trêmula: “Que é isso, gente fina. Pode levar a bolsa, o celular, os 220 reais. É tudo o que eu tenho, mas não faço conta disso não!”. O bandido, meio a contragosto pegou o que lhe fora oferecido, agradeceu, entrou no carro e sai cantando pneu.

Caíram do cavalo
O Enilton e o Wenderson, ambos de 23 anos, cercaram o menor de inicial H, na Rua Dona Elvira, Santa Maria de Nazareth. Com um canivete, ameaçaram matar a vítima, se esta não entregasse o celular. O menor entregou. Depois ligou para a Polícia e foi atendido pelos patrulheiros da viatura 7446 do 28º Batalhão. Os militares saíram no encalço da dupla e não demoraram a encontrar os dois folgados. Eles confessaram o crime e disseram que roubaram o celular porque deviam 400 reais porque Eduardo, conhecido por Neguinho e que este os ameaçava de morte se não pagassem a dívida contraída com a aquisição de drogas. Foram atrás do “Neguinho” que faz ponto perto da Rodoviária, mas, não encontraram. Assim como não foi encontrado o celular.

Mulher roubada
A Senhora Patrícia havia saído do banco e transitava pela Rua General Joaquim Inácio, pouco mais de quatro da tarde. E, quando viu, um elemento estava em sua frente, com um revólver na mão dizendo que era assaltante. Ela disse que pensou ser uma pegadinha. Mas, não era. O caso era sério. O bandido tomou sua bolsa com celular, cartão bancário e outros objetos de uso pessoal. Depois, saiu na maior calma. Dona Patrícia disse que o sujeito é magro, pardo, estatura média e trajava bermudas.

Maldade pura
Silvaney mora no Paraíso. No Bairro Paraíso. E, foi, justamente lá, que ele viu a coisa escurecer para o seu lado. Estava nas proximidades de sua residência, quando cinco elementos, um deles armado de revólver, o abordaram. “Perdeu, playboy, perdeu” gritou o malvado assaltante. E, em seguida, tomou a carteira, o celular e o dinheirinho que o Silvaney tinha nos bolsos. Depois, o quinteto dos quintos foi embora.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...

Causos de Polícia

26/10/2017

Ladrão folgado Um homem (identidade preservada) foi assaltado por dois elementos que estavam em um Celta preto. Ele chamou ...