(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed.525

Causos de Polícia Comentários 26 de junho de 2015

Notas Gerais


Caso estranho


O John Lennon, xará do famoso cantor inglês que fez parte da banda The Beatles, vinha com seu carro, um Golf de cor prata, pelas ruas do setor Jamil Miguel, quando uma estonteante morena, medindo, aproximadamente, 1,80 de altura, cabelos cacheados, se atirou na frente do veículo. Ele, para não atropelar a mulher, parou e nem viu quando, ao lado surgiu um homem com uma garrafa de pinga na mão. O elemento jogou a bebida no rosto de John Lennon e o arrastou para fora do carro, dando-lhe uma saraivada de sopapos. Ato seguinte, entrou com a mulher no veículo e saiu na maior disparada. Foi o que ele contou no Plantão Policial.


 


Família assaltada


Antes de oito da noite o Willian vinha com a família pelas ruas do Bairro das Bandeiras, quando foi abordado por dois elementos armados e com más intenções. Portando revólveres, os assaltantes foram, logo, dando ordens para que todos descessem do carro, um FIAT Siena. Imediatamente, fugiram levando o veículo. Willian disse que ambos são morenos, trajavam camisetas e bermudas e que nunca os vira por aquelas bandas. Disse, mais, que ficou com medo de que alguém da família fosse levado com o carro.


 


O flagrante


 O André, que não gosta de trabalhar e prefere furtar o que é dos outros, desta vez, se deu mal. Ele subiu no telhado da casa da Graciane, no Residencial Leblon. Arrancou o forro de PVC e estava no interior da residência a fazendo o maior “limpa”. Mas, a dona da casa chegou e ele não teve como subir de volta ao telhado. Ficou acuado e ela, com a ajuda dos vizinhos, não deixou que ele saísse antes de chegar a sua condução. A condução era a viatura dirigida pelo PM Divino. O André já havia separado um monte de coisas para levar, mas teve de deixar tudo. Hora do fato? Oito e meia da manhã.


 


No ponto de ônibus


Sete da noite e a Alessandra estava no ponto de ônibus no DAIA, esperando a condução. Voltaria para casa depois de uma intensa jornada de trabalho. Nisto, dois elementos se aproximaram dela. A Alessandra gelou toda, pois sabia de vários casos de assalto naquele ponto. E, seu instinto estava certo. Os dois eram assaltantes e sem piedade, tomaram-lhe o celular e a bolsa. Ainda fizeram ameaças de matá-la. O curioso é que os bandidos deixaram outro celular no local. A Alessandra o entregou aos soldados da PM que a socorreram.


 


A premiação


Dona Nelci recebeu um telefonema e ficou toda alegre.  Do outro lado da linha uma voz lhe dizia: “Alô, Dona Nelci, meus parabéns! Aqui é o Marcos, da seguradora. Estou comunicando que a senhora foi sorteada com 22 mil reais”. Ela foi na onda, pois seu esposo, de fato, paga um seguro de vida. E, o tal Marcos continuou: “Para receber a sua bolada, a senhora só precisa depositar mil, quinhentos e noventa e nove reais na conta que eu vou falar agora”. Ela, novamente, acreditou e depositou o dinheiro em nome de Marcos Paulo Santos de Almeida. Mas, quando foi procurar pelo “prêmio” descobriu que entrara em uma gelada. Correu para sustar o depósito, mas já era... O dinheiro já havia sido sacado.


 


Noite complicada


O Michael chegou em casa de madrugada e procurou a esposa, de inicial T. Ele queria “fazer amor”. Ela disse que aquela não era hora; que estava com sono, que estava chateada porque ele ficou na rua até tarde, essas coisas. O Michael, então, virou bicho. E começou a quebrar tudo o que encontrava pela frente. Copos; pratos; cadeiras, televisão e outras coisas. Sobrou, até, para o cachorro da família, que levou uns pontapés e saiu gritando de dor. A esposa, temendo o pior, chamou a PM. Em poucos minutos, ambos já estavam no Plantão, mas ela disse que não iria representar contra o companheiro. “Então, por que a senhora chamou a polícia?”, perguntou um policial. Ela não respondeu, mas, soube que, se mudar de ideia, tem, até, seis meses para fazê-lo.


 


Até na igreja


A senhora Edna, uma cristã fervorosa, estava saindo da igreja, no Vivian Park. Com ela, alguns amigos que pegariam carona no Fiat Pálio vermelho, propriedade de seu esposo, o Flávio. Nisto, se aproximaram dois elementos em uma moto e deram voz de assalto. “Desce todo mundo e anda logo que estamos com pressa!”, ordenou um deles, apontando uma arma.  Claro que o pessoal obedeceu. Os dois entraram no carro e saíram, deixando a moto, recolhida, depois, pela polícia.


 


Ladrão folgado


Denise estava caminhando nas proximidades de uma faculdade, na Avenida Universitária, quando viu se aproximar uma bicicleta, ocupada por dois sujeitos. O relógio marcava nove da noite. A dupla parou e ela já entendeu o recado. Eles queriam sua bolsa, seu celular e dinheiro. Denise entregou, na boa, temendo ser agredida. Mas, chamou a polícia e descreveu tudo. Os policiais da Viatura 7454 saíram em patrulhamento e não demoraram a fisgar o Fernando. Ele estava com o celular da Denise e não teve como negar ser um dos assaltantes. Perguntado pelo companheiro ele respondeu: “Sei não parceiro...”. Fernando sabia que não vai ficar muito tempo cadeia.


 


De Jaraguá


O Danilo e o seu companheiro Flavinho saíram de Jaraguá para praticarem assaltos em Anápolis. Chegaram ao estabelecimento da Dona Geralda, na Vila Santa Maria de Nazareth e deram voz de assalto. Roubaram algumas coisas e, na saída, o Danilo atirou, acertando o cunhado da comerciante, o Éliton, que foi levado para o hospital. A PM chegou na hora e prendeu o Danilo. Os policiais descobriram que, horas antes, a dupla havia assaltado uma panificadora no Bairro Maracanã, de onde levou 70 reais.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...