(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casos de Polícia - Ed. 591

Causos de Polícia Comentários 06 de outubro de 2016

Notas Gerais


Novinha e encrencada
Aos 17 anos, T. já tem uma vida bem complicada. Ela mora com o Rômulo, mas já morou com o Gustavo, com quem tem uma filha de um ano e quatro meses. Mas, o Gustavo havia sido preso, motivo pelo qual ela mudou de companheiro. Só que, sob a alegação de que quer visitar a filha, o Gustavo manda seguidas ameaças à T. Ela procurou a Polícia esta semana e deu queixa, pedindo proteção. “Cadê esse Gustavo”, perguntou o policial. “Sei não. Não sei se ele está preso ou se está solto. Só sei que ele falou que vai me matar”, disse ela.

Confusão e canivetadas
A Beatriz, filha da Divina, foi presa. Ela deu umas canivetadas na Gabriela e no Wallison. Motivo: surgiu uma fofoca de que a Gabriela havia levado um amigo para dormir na casa da mãe da Divina. Acontece que a Gabi tem namorado firme e a coisa esquentou. A mãe dela foi à casa da Divina tirar satisfação. O entrevero ficou mais apimentado. A Beatriz, filha da Divina, para defender a mãe, entrou no meio e, com um canivete, desferiu golpes para todo lado. O Sargento Teles chegou bem na hora e levou todo mundo para a delegacia. Toda essa confusão aconteceu no Paraíso (Bairro).

Amanda I
Nove e meia da noite e a Amanda vinha pela Rua Rui Barbosa, no Jardim Alvorada. Foi quando surgiram em sua frente dois sujeitos “com cara de meninos”. Mas, os garotos não estavam para brincadeira. Um deles, com um revólver na mão, deu o grito. “Quer morrer ou quer entregar a mochila e o celular?”, perguntou ele. A Amanda escolheu a opção B. Entregou a mochila, o celular e 30 reais em dinheiro. Os “meninos” agradeceram e foram embora sem serem molestados.

Amanda II
A outra Amanda foi cercada por dois bandidos que estavam em um Gol vermelho, no Jardim Santa Cecília. Um dos bandidos desceu e, na maior cara de pau, com o relógio marcando 11 e meia do dia, assaltou a moça que tem 19 anos. Tomou seu celular e foi embora com toda a tranquilidade. Ela disse que ficou apavorada e não memorizou o número da placa do carro.

Dupla desativada
O Charles, em companhia do menor de inicial G, saiu para tocar o terror na região Oeste da Cidade. Estavam em um Palio de cor prata e começaram a assaltar transeuntes, roubando, principalmente, celulares. O Sargento Duarte foi escalado para averiguar as denúncias e não demorou muito a dar de cara com a dupla. Quando fazia a abordagem, chegou a Jordana e gritou: “Esses dois bandidos me assaltaram, seu policial”. Era o que faltava. Levados para o Plantão, quando estava sendo feita a lavratura da ocorrência, chegou a Deuseny com a mesma reclamação: “Foram eles que me tomaram o celular”. Os dois foram recolhidos, pois tinham uma entrevista marcada com o delegado Cleiton Lobo que já os aguardava em seu gabinete.

Visita fatal
Seis e meia da tarde e bateram no portão do Herivan, no Jardim dos Ipês. “Chefia, minha moto deu o prego. Você tem um alicate pra me emprestar aí?”, disse o sujeito que estava do lado de fora. “Vou te dar uma força”, respondeu o Herivan. Foi o fim. O sujeito do lado de fora era um tremendo bandido. Assim que o Herivan abriu o portão, ele o abordou e, em companhia de um comparsa que estava armado, mandou que entrasse para a casa. Lá dentro renderam a esposa deste e trancaram o casal no banheiro. Em seguida, recolheram tudo o que valia alguma coisa, com eletroeletrônicos; bijuterias, artigos pessoais e utensílios domésticos, mais dois mil reais em dinheiro. Ato seguinte, entraram no carro das vítimas, um Classic de cor prata e foram embora. Este foi o relato que o Herivan fez no Plantão Policial.

Assaltantes covardes
A Paula ia para a igreja, em companhia do filho de oito anos. Iria agradecer a Deus pela vida, pela família, por tudo. Mas, no meio do caminho surgiram dois embaixadores do inferno e lhe deram voz de assalto. Estavam em uma moto de cor preta. Como ela não viu arma nenhuma com eles, apressou o passo. Mas, um dos bandidos a cercou, puxou-a pelos cabelos, derrubou-a e deu-lhe vários chutes. Não respeitaram nem a criança. A Paula gritou desesperadamente, mas os banidos, no maior sangue frio, acabaram levando o seu celular. Era por volta de sete e meia da noite.

Mensagens problemáticas
Domingo de eleição e o José compareceu à sessão para votar. E, quando entrou na sala, deu de cara com o Lucas. O caldo esquentou. Por quê? É que o José acusou o Lucas de estar enviando mensagens para sua esposa (a do José) via celular. “Você vai morrer para aprender a não mexer com mulher dos outros”, disse. O Lucas chamou a Polícia. Depois, José disse que perdeu a cabeça. O Lucas confessou que, de fato, troca mensagens com a mulher há mais de um ano. Mas, segundo ele, é só amizade.

Assalto por atacado
Um grupo de alunos estava na porta da Escola “Carlos de Pina”, batendo o maior papo. Falavam da separação da Angelina Jolie com o Brad Pitt e outros assuntos importantes, como a provável volta do namoro do Neymar com a Bruna Marquezine e a separação da Fátima Bernardes do William Bonner. Mas, dois jovens que iam passando estavam interessados em outras coisas: nos celulares do grupo, E não demorou para que a dupla fizesse a coleta de todos os aparelhos. Depois, os bandidos fugiram à pé. A ocorrência foi registrada pelo Senhor Nivaldo, pai de uma das vítimas.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...