(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

CASE: Nova unidade está com cronograma adiantado

Geral Comentários 21 de novembro de 2014

Centro de Internação de Menores terá capacidade de 60 vagas e a previsão é que as instalações físicas fiquem prontas em maio próximo


A construção do Centro de Atendimento Socioeducatico (Case) de Anápolis, deverá ser entregue dentro do cronograma ajustado entre o Governo do Estado e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no mês de junho último. A previsão, de acordo com o diretor do Foro da Comarca, juiz Carlos Limongi Sterse, é que a entrega ocorra no mês de maio do ano que vem.
Com capacidade para 60 vagas e orçado em R$ 10,6 milhões, o Case terá área construída de 6.242 metros quadrados, com cinco blocos divididos em unidades de controle; administrativa; internação provisória; internação compartilhada e protegida; e de serviço. De acordo com o juiz Carlos Limongi, que é titular da Vara da Infância e Juventude, este será um diferencial importante, pois permitirá dar um acompanhamento apropriado aos menores que ficarão recolhidos na unidade, com isso, melhorando a qualidade do trabalho de recuperação dos jovens.
Atualmente, os menores apenados cumprem as medidas socioeducativas no Centro de Internação que funciona nas dependências do 4º Batalhão da Polícia Militar. Lá, estão hoje mais de adolescentes, sendo a maioria por envolvimento com drogas (uso e tráfico) e crimes de roubo, homicídio, latrocínio, dentre outros. Para o juiz, é essencial que haja condições- físicas e de pessoal- para trabalhar a recuperação e a reintegração desses jovens para a sociedade.

Estado
Em Goiás, estão sendo construídos 10 centros para a internação de menores infratores, que vão gerar a abertura de mais de 500 vagas no sistema. Em Goiânia, serão implantadas duas unidade para acolhimento em regime de semi-liberdade. O total dos investimentos é de R$ 61,2 milhões, parte do Governo Federal e parte do Governo do Estado. Em Anápolis, 90% são recursos federais e os 10% restantes são de contrapartida estadual. Além de Anápolis e Goiânia, os Cases serão implantados em Itaberaí, Porangatu, Itumbiara, São Luís de Montes Belos, Rio Verde e Caldas Novas.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....

Projeto da sede do MP tem significativo avanço

12/04/2017

A proposta de se definir uma nova sede para as promotorias de Justiça em Anápolis (hoje funcionando em um edifício da Aven...

Advogados receberam a Caravana Nacional de Prerrogativas

07/04/2017

Morosidade do Poder Judiciário; desrespeito por parte de autoridades policiais, juízes, promotores; porte de arma; e até o...