(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Casa Joana lança calendário com participação de Layla Monteiro

Cidadania Comentários 22 de dezembro de 2017

Renomada blogueira fez ensaio artístico voluntário com alunos e alunas da instituição.


De que forma um calendário pode mudar vidas? Mostrando pessoas e um projeto mais do que especial: a Casa Joana. E, o que fazer para que este calendário tenha alcance entre as pessoas e, dessa forma, possa compartilhar a sua mensagem? Ter uma parceria solidária de alguém que esteja comprometido com um mundo melhor.
A receita de sucesso está formada. A Casa Joana está preparando o lançamento de um calendário para 2018, que conta com ninguém mais, ninguém menos que a carismática e renomada blogueira Layla Monteiro. Sua apresentação dispensa comentários, já que, nas redes sociais, como o Facebook e Instagram ela entrega um pouco da sua vida e uma de suas paixões: a moda.
O calendário contará com um registro fotográfico de Rosângela Tavares, também voluntária, na causa nobre. A ideia é que a comercialização do calendário renda recursos para ajudar a manter o trabalho da instituição, que atende a pessoas com Síndrome de Down, autistas e portadores de outros tipos de deficiências.
A idealizadora e diretora da Casa Joana, Juliana Maria José Francis Martins, conta que era um sonho desenvolver um projeto dessa natureza e, sobretudo, com a participação da blogueira Layla Monteiro. O sonho se transformou em realidade, quando a mesma aceitou, de pronto, o convite e participou das sessões de fotos com as pessoas assistidas na Casa Joana.
O resultado de toda esta interação poderá ser apreciado no calendário que trará, também, um histórico sobre a Casa Joana, fundada em 2013 e teve como inspiração a menina Joana, filha de Juliana, portadora de Down.
“A Casa Joana tem como objetivo atuar junto ao seu público com uma equipe multidisciplinar e multitarefas, no intuito de favorecer o desenvolvimento de suas potencialidades nas áreas: motora; cognitiva; emocional; a fala e a linguagem e, com isso, facilitar o acesso ao ensino regular e à futura inserção no mercado de trabalho, consequentemente, desenvolvendo habilidades para que cada aluno ou aluna possa adquirir uma melhor autonomia no seu dia-a-dia e no convívio em sociedade”, ressalta Juliana Francis.
“Anápolis tem uma joia preciosa, que nos enche de orgulho: Layla Monteiro. Fizemos as fotos, incluindo as pessoas com Síndrome de Down, Autismo e outras deficiências, e o seu brilho com o dos alunos se transformou em uma sintonia, fazendo com que as fotos ficassem maravilhosas, mostrando a personalidade, a alegria e a harmonia de cada um”, resume a diretora da Casa Joana que, hoje, aguarda por auxílio do poder público, devido à elevação da demanda a partir do atendimento aos autistas, possa seguir o caminho do bem, mudando a vida das pessoas e colocando em primeiro plano, aquilo que é de mais essencial na vida: fé, saúde, amor e espírito fraterno e solidário.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidadania

Juiz fala a acadêmicos sobre violência doméstica

15/03/2019

Dentro da programação da 13ª Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa, o juiz Vitor Umbelino Soares Junior, do Juizado...

Projeto PM Mirim é lançado em Anápolis

28/02/2019

Promover civismo, cidadania e respeito ao próximo. Esse é foco do projeto Polícia Militar Mirim, lançado na última terç...

Anápolis Vôlei e APAE: dobradinha de muito sucesso

21/02/2019

O elenco do Anápolis Vôlei deu uma pausa no ritmo intenso de treinamentos na ÚLTIMA quarta-feira, 20, para fazer também a...

“A diferença é o que nos une” mostrada no palco

13/12/2018

Foi com essa mensagem que as crianças do Centro Municipal de Atendimento à Diversidade (Cemad), da Prefeitura de Anápolis,...