(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Caravana participa de reunião em Anápolis

Cidade Comentários 26 de junho de 2014

Entidade busca maior interação com profissionais das áreas de arquitetura e urbanismo da cidade


Anápolis recebeu, na última terça-feira,24, a Caravana do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Goiás (CAU/GO). Após encontros com o Prefeito João Gomes e sua equipe, os membros da entidade participaram da reunião do Conselho Municipal de Cidades (Comcidades), que discutiu a revisão do Plano Diretor e Planejamento Urbano da cidade de Anápolis. Esta reunião contou com a palestra do arquiteto e urbanista Luiz Masaru Hayakawa, discorreu sobre a sua experiência à frente do Instituto de Planejamento Urbano de Palmas. O evento também teve a participação do Presidente do CAU/GO, John Mivaldo da Silveira e do Diretor Geral, Edinardo Lucas.
De acordo com John Mivaldo a intenção do CAU/GO é contribuir para a qualificação dos debates relativos ao planejamento urbano, fazendo com que a cidade seja acessível a todos e cresça de forma planejada e qualificada. Foi proposto à Prefeitura de Anápolis, como vem sendo feito em outras cidades, a elaboração de um convênio para o compartilhamento de dados referentes a obras e patrimônio público, que servirá tanto ao Conselho quanto ao poder municipal. Na ocasião, ficou também será escolhido também um arquiteto e urbanista que fará a interlocução entre a cidade e o CAU/GO.
Na reunião com arquitetos e urbanistas, realizada no auditório do SENAI, o Presidente do CAU/GO fez a apresentação do órgão aos profissionais, falando da atuação em diversos setores nestes dois anos de criação. Aproveitando a presença de acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo, John Silveira observou que há um vácuo entre os arquitetos e urbanistas recém-formados e profissionais com mais tempo de atuação e que essa dificuldade de comunicação dificulta o compromisso com o bem-estar coletivo no que diz respeito aos espaços urbanos. Disse ainda que a matéria urbana é, hoje, o principal tópico da pauta política e que os profissionais que lidam com questões urbanas precisam se unir e estar engajados nos debates e na implantação do Estatuto das Cidades e que, sobretudo, os arquitetos e urbanistas não têm o direito de se isentar desta responsabilidade.
A palestra de Luiz Masaru, realizada durante a reunião do Comcidade, também no auditório do SENAI, contou com a participação de mais de 60 pessoas, entre acadêmicos e autoridades do município, e versou sobre as conquistas de planejamento urbano obtidas nas gestões de Jaime Lerner à frente da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Paraná, das quais Masaru fez parte, nas décadas de 70, 80 e 90. Além do famoso BRT, modelo de transporte urbano copiado em diversas cidades e países, o arquiteto e urbanista falou sobre os parques de contenção de enchentes. Segundo ele, Curitiba foi a primeira cidade brasileira a construir um parque com lago, em vez de canalizar a água para rios.
Masaru discorreu também sobre o processo de formação das cidades brasileiras, com os loteamentos distantes do centro e os vazios urbanos, atendendo aos interesses da especulação imobiliária. Ele contou que Lerner utilizou diversos instrumentos para resolver os vazios urbanos de Curitiba, como IPTU progressivo, outorga onerosa do direito de construir, direito de preempção e transferência do direito de construir.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...