(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

CAOA/Chery dá a largada para produzir novos modelos em escala comercial

Economia Comentários 13 de dezembro de 2018

Planta de Anápolis é uma das poucas a concentrar, numa mesma linha, veículos de duas marcas internacionais


Numa mesma linha de produção, veículos de marcas internacionais diferentes, uma sulcoreana e outra chinesa, ocupando o mesmo espaço cercado por tecnologia de ponta e muita inovação. Este é um caso raro no mundo da indústria automobilística. Mas, acontece aqui, em Anápolis, esse fenômeno da globalização.
Nos dias 11 e 12 últimos, jornalistas da imprensa especializada no segmento automotivo de várias partes do Brasil vieram conhecer os veículos da montadora chinesa Chery, após a joint-venture formada com a CAOA. A autorização para a produção comercial aconteceu na segunda-feira (10). Portanto, dentro de mais alguns dias, as redes de distribuição já estarão sendo abastecidas com os modelos Tiggo 5X e Arrizo 5, o primeiro produzido na planta de Anápolis e o segundo, na unidade de Jacareí, no interior de São Paulo.
O carro que está sendo montado na CAOA é um SUV de porte médio, de grande potencial comercial, devido à grande aceitação que este tipo de veículo tem mercado brasileiro. E, de acordo com o CEO da CAOA Chery, Márcio Alfonso, a partir do próximo ano, a unidade anapolina deve montar também o modelo Tiggo 7 e, futuramente, o Tiggo 8, top de linha de, até, sete lugares.
O Arrizo 5, por sua vez, está em franca produção na unidade de Jacareí. Trata-se de um veículo do tipo sedan, que agrega conforto e muita tecnologia e, também, uma grande aposta de mercado da empresa para este segmento.
Juntas, as unidades de Anápolis e de Jacareí estão recebendo, desde 2014, investimentos que chegam à casa de R$ 2,5 bilhões. Uma demonstração de que a marca acredita no potencial do mercado brasileiro e aposta suas fichas em veículos que, com certeza, vão agradar aos consumidores, pelo acabamento de primeira linha, o conforto interior, os motores robustos, os dispositivos de conectividade e uma série de outros atrativos, que puderam ser conferidos no test drive disponibilizado aos visitantes.
O Arrizo 5, na versão RX, tem preço de mercado em torno de R$ 65,9 mil, já o modelo mais completo, o RXT, deve custar em torno de R$ 72,9 mil. O Tiggo 5 X, na versão T, deve ter valor de venda na casa de R$ 86,9 mil, enquanto a versão mais avançada, a TXS, deve custar em torno de R$ 96,9 mil.
A Chery, que tinha 25 pontos de distribuição, já inaugurou 65 e a meta é chegar em 2019 com 111 distribuidoras espalhadas pelo País. “Esse crescimento gera muito esforço”, disse o CEO Márcio Alfonso, acrescentando que todas as lojas estão sob um novo layout padronizado. Além disso, ele assinala que a empresa investe, muito, nas ferramentas de pós-venda. Com as plantas de Anápolis e Jacareí, a Chery tem a perspectiva de fechar o ano com mais de 10 mil unidades vendidas este ano e chegar a 38 mil unidades vendidas no ano que vem.
A CAOA Hyundai, instalada em Anápolis desde 2007, já produz os SUVs Hyundai Tucson, New Tucson e o badalado ix35, além do caminhão leve HR. A chegada da Chery trouxe este panorama diferente para a indústria automotiva. Em parte da linha de produção, os veículos das duas marcas se encontram e a montagem é feita com sistemas robotizados. Fora da linha de produção, outras duas coisas chamam a atenção: os laboratórios do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, considerados os mais completos para o desenvolvimento e homologação de veículos e motores, que atendem as duas marcas, e os investimentos da empresa na área ambiental, que já recebeu cerca de R$ 20 milhões, fazendo o tratamento de efluentes, o que garante uma notável economia de água com o reuso.
Uma coisa é certa: CAOA Hyundai e CAOA Chery, ainda vão dar muito o que falar. Bom para Anápolis, que se projeta num setor importante da economia, pela capacidade de investimentos, geração e absorção de tecnologia e agregação de valor à mão-de-obra.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Ferrovia Centro-Atlântica anuncia a retomada de operações em Anápolis

17/04/2019

Após dois anos da paralisação da Ferrovia Centro Atlântica no Município, chegará neste final de semana no Porto Seco um...

Continua a polêmica sobre mudanças na Delegacia da Receita em Anápolis

17/04/2019

A possibilidade de transformação da delegacia da Receita Federal de Anápolis em uma agência foi admitida ao Jornal CONTEX...

Pesquisa do Procon aponta variação de 102% no preço dos ovos de páscoa

17/04/2019

O consumidor que optar por presentear a família e os amigos com ovos de Páscoa terá que pesquisar para não sair no preju...

Goiás registra saldo positivo na balança comercial

17/04/2019

Goiás fechou o mês de março com balança comercial positiva pelo terceiro mês consecutivo neste ano. O saldo de US$ 291,2...