(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Canto da Primavera terá shows em duas fases este ano

Cultura Comentários 21 de outubro de 2016

Programação do evento ocorrerá em dois períodos com uma programação de 40 shows e oficinas musicais


Com mais de 40 apresentações artistas na grade de programação, rodas de conversa e oficinas musicais, o Canto da Primavera 2016 teve início nesta quinta-feira,20, em Pirenópolis. O festival, que é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), com parceria da Rede Sociocultural, chega neste ano à 17ª edição.
Uma das novidades desta edição será a realização do evento em duas fases. De 20 a 23 de outubro, o público poderá conferir shows acústicos e, de 27 a 30 de outubro, shows tradicionais. Todas as atividades do evento são gratuitas.
Na primeira noite do festival, o Teatro Sebastião Pompeu de Pina abriu as portas para um encontro marcante. Com a fusão da música instrumental e a MPB, Carlos Malta e Pife Muderno dividiram o palco com o cantor Lenine.
No primeiro fim de semana, se apresentam: Otávio Soares Brandão, Diones Correntino, Quarteto Guerra-Peixe de Goiás, Duo Martins-Botelho, Impact(o) Grupo de Percussão, Chico Aafa e Felipe Valoz, Quarteto Pixinga, Duo Everton Bastos e Foka, Brasil Brejeiro, Grupo Tresenhum, Com a Corda Toda e o Grupo Uccelli.
A música goiana ainda ganha reforço com a apresentação de dois grupos da própria cidade de Pirenópolis, a Banda Phoenix e os Trovadores dos Pireneus, além da Orquestra Filarmônica de Goiás, que se apresenta na noite de sábado, dia 22.
Já no segundo fim de semana, sobem nos palcos do Canto 2016: Patocan, Projeto Supernova, Acorde7 Blues Band, Barok Projekto, Grace Venturini, Ingrid Lobo, Quinta Suspensa, Vertize, André Mols e Banda, Tom Chris, Moka Nascimento, Dênio de Paula e Thatband, Adalto Bento Leal, Fred Valle, Amauri Garcia, Ricardo de Pina Quinteto, Gilberto Correia e, claro, Boogarins.

Oficinas
Atração à parte no festival, as oficinas, que contemplam a programação do evento, atendem todos os gostos. No primeiro fim de semana serão oferecidas as oficinas de baixo com Ney Conceição (RJ), de guitarra com Faíska (SP) e de bateria com Robertinho Silva (RJ). As crianças serão contempladas com a oficina Cantinho Sonoro, de Isabella Rovo e Victor (GO), e com a oficina de Comicidade Musical, do Circo Bambulengo.
Já no segundo fim de semana, Éder “O” Rocha (PE) oferece sua oficina de percussão, Zé Helder e Ricardo Vignini (MG/SP) de viola caipira e Rogério Caetano (DF) de violão popular brasileiro. E para as crianças serão oferecidas as oficinas de Lixo Ritmado, com o grupo Vida Seca (GO), e de Bumba Meu Boi, com Noel Carvalho (GO). Mais informações podem ser obtidas no site: www.canto2016.com.br

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Divulgada a lista dos filmes que vão concorrer no 8º Festival de Cinema

20/12/2018

Com o número recorde de 249 inscrições, a 8ª edição do Anápolis Festival de Cinema (AFC) já tem os 24 filmes selecion...

Peça enfoca obsessão por atuar e dramas existenciais

13/12/2018

Um ator obcecado pela atuação em uma peça entra em confronto com os dramas de sua existência. Esse é o ponto de partida ...

Escola de Artes “Oswaldo Verano” comemora 50 anos

07/12/2018

Há 50 anos começava uma história de dedicação ao ensino artístico na cidade. Nascia a Escola de Artes Oswaldo Verano, e...

Espetáculo resgata atrizes de Hollywood em Anápolis

23/11/2018

A busca de refúgio da vida turbulenta pela fama, recomeço após frustrações na carreira ou simplesmente aproveitar as fé...