(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Candidatura do PSDB não pode ser imposta em Anápolis

Política Comentários 03 de dezembro de 2011

Vereador tucano contesta posição da executiva regional de que existe consenso em torno do nome do secretário de Indústria e Comércio Alexandre Baldy


Declarações do Presidente Regional do PSDB, Paulo de Jesus, esta semana, mexeram com a estrutura do Partido em Anápolis, causando uma série de reações. Paulo de Jesus teria dito que haveria um consenso em torno do nome do Secretário Estadual de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, para que este fosse indicado candidato a prefeito nas eleições de outubro do ano que vem. Para o vereador Fernando de Almeida Cunha, “não é bem assim. A discussão passa, obrigatoriamente pelo Diretório Municipal. Aqui temos bons nomes, temos dois vereadores da sigla e todos nós precisamos ser ouvidos. Não se aponta candidato goela abaixo e nós não aceitamos isso. O PSDB é um partido democrático”, disse ele em entrevista ao programa Bate-Rebate da Rádio São Francisco, na terça-feira, 29.
Cunha concorda com o presidente Regional, Paulo de Jesus, na questão de que Anápolis terá, sim, candidato do PSDB na disputa. “Vamos ter um nome. Agora, este nome não está definido. A discussão ainda não foi feita. Quando chegar a hora, entraremos no processo, temos projetos divergentes da atual administração e vamos concorrer, reconhecendo o que foi feito, mas mostrando que se pode fazer muito mais. Não se justifica o PSDB, partido do Governador, não ter um nome do disputando a Prefeitura da principal cidade do interior do Estado” alegou Fernando Cunha. Ele adianta que as declarações do Presidente Regional se referem a um encontro do Partido em Goiânia, quando se discutiu a sucessão na Capital do Estado, em Aparecida de Goiânia e em municípios do Entorno do Distrito Federal, neste caso, já com vistas às eleições de 2014 em Brasília. “Sobre Anápolis não se discutiu nada, embora eu próprio tenha feito arguições nesse sentido. De repente pode surgir um nome competitivo e teremos de partir para as prévias, como está sendo a tendência em Goiânia”, declarou o vereador.
Os nomes
Abordado a respeito de nomes alternativos, que não fosse o do secretário Alexandre Baldy, Fernando Cunha disse que existem várias lideranças, tanto do PSDB, quanto de partidos aliados. “Eu mesmo tenho colocado meu nome à disposição. Isto, entretanto, não significa que esteja almejando a disputa. O que precisamos é ver a capacidade de aglutinação, a força política e o desempenho de cada um, assim que chegar o momento de se escolher o candidato do Partido. Temos nomes com densidade eleitoral suficiente para concorrerem à Prefeitura de Anápolis e precisamos entrar na disputa para ganhar. O eleitorado anapolino tem um carinho especial pelo PSDB, já demonstrado em diferentes oportunidades. Além das extraordinárias votações dadas a Marconi Perillo em suas candidaturas a governador e a senador, vários outros políticos tiveram votações expressivas para outros cargos, como deputado estadual e deputado federal”, alegou.
Por fim, o vereador Fernando Almeida Cunha disse que a indicação do nome para disputar a sucessão de Antônio Gomide (PT) passa, primeiro, pelo comando municipal do partido. “Não estamos falando em pessoas. Pode ser o Baldy (Secretário Alexandre Baldy), pode ser a vereadora Mírian Garcia, pode ser o Ridoval (Ridoval Chiareloto, Presidente das Goiasindustrial), pode ser qualquer outro que, no momento, estiver com melhores chances. Aliás, isto deve acontecer nos 246 municípios do Estado. Os diretórios municipais precisam de autonomia para definirem nomes. Vamos nos assentar à mesa, conversar, debater. Caso contrário, poderia surgir, até, desunião nos quadros do PSDB, o que não é interessante para ninguém”, concluiu o vereador.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Deputado Coronel Adailton preside CPI das Universidades

26/04/2019

O deputado estadual Coronel Adailton (PP), foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da Assembleia ...

Projeto prevê estender mandato de prefeitos e vereadores

25/04/2019

O Prefeito Roberto Naves e os 23 vereadores de Anápolis podem ganhar mais dois anos de mandato, assim como os demais prefeit...

Prazo para a regularização de imóveis será ampliado até o final de dezembro

25/04/2019

A Câmara Municipal aprovou, em dois turno de votações, em sessões ordinárias ocorridas na última quarta-feira, 24/04, o...

Projeto prevê proteção dos direitos da pessoa com autismo

17/04/2019

O Deputado Estadual Amilton Filho (SD) apresentou, na Assembleia Legislativa, Projeto de Lei que institui em Goiás a Políti...