(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Candidatos apostam em nomes curiosos para cativar eleitor

Política Comentários 22 de agosto de 2014

Escola de nomes atípicos para a identificação na urna eletrônica, já se incorporou ao espírito das eleições em Goiás e no País


Para muitos, pode parecer piada. Mas, todos os anos, em época de eleição, basta começar o horário político para surgirem os candidatos que apostam suas fichas em nomes diferentes - alguns reconhecidamente bizarros - na tentativa de atrair a atenção do eleitor. Há, também, os que utilizam, para o nome da urna, os apelidos que carregam desde a infância ou vinculações do nome com a atividade que exercem. Neste último caso, são dezenas de exemplos de policiais que utilizam o nome de “guerra” e de religiosos que desfilam as suas “credenciais” nas funções que ocupam nas igrejas. Não há nenhum estudo para balizar se é uma estratégia correta, ou não. O certo é que essa situação já foi incorporada ao espírito das eleições do País e, em Goiás, não é diferente.
O CONTEXTO filtrou, junto à base de dados do Tribunal Superior Eleitoral, entre os candidatos que tiveram os seus registros deferidos e que, portanto, já apareceram ou vão aparecer no horário político, alguns desses nomes curiosos. Grande parte deles está entre os que pleiteiam uma vaga na Assembleia Legislativa, em razão de ser o número de postulantes muito superior aos demais cargos, como o de Deputado Federal e Senador. Mas vamos aos nomes:
Para o eleitor que gosta de surpresa, tem o Jairo Surpresinha, candidato pelo PMN. Os radicais podem apostar em nomes como Odon é Diferente (PSDC); no Paulo do Rock (PEN) ou no Raulzito (PC do B), que lembra o “maluco beleza” Raul Seixas. Para os não tão radicais, tem o J. Cristo (PSL); o Jesus Mallaveo (PSL); o Moisés do Morro (PSL) e o Wismar Padre (PRTB).
A lista dos nomes diferentes é extensa, tem ainda: Júnior Pezão (PSDB); Caixotinho (PSL); Erivaldo Piqui (PSL); o Jibirita (PTB); a Mãezinha (PP); o Bulão (PSD); o Miola (PSB); a Naninha (PSD); Bill Guerra Mochlink (PRB); Lilico (PSL) e o Zebrinha (PDT).
A lista também é grande entre aqueles que vinculam os seus nomes ou apelidos às atividades que desenvolvem. Neste caso, tem o Ceará da Rodoviária (PEN); o Rochinha, bombeiro do povo (PSC); Alexandre Compleite (DEM); Antonialy do Sindicato Rural (PROS); Carlinhos do Mangão (PSB); Carlão do Oxigênio (PEN); Clebio do Teatro (PSL); Divina Gari (PP); Dominguinhos do Cedro (PEN); Dr. Dori Mocó (PMDB); Edson Automóveis (PMN); Eneas Mecânico (PSL); Gilda Contadora (PSL); Joaozinho Maisfértil (PSB); Caetano do Bombom (PDT); Leila do Restaurante (PSL); Jurandi da Mercearia (PRTB); Maestro Marcelo Freitas (PSB); Marcos Antônio do Quartel (PDT); Maria Bezerra Sacoleira (PTB); Esquerdinha Massagista (PROS); Sandro Taxista (PSB); Tião Delegado (PDT), Agmar Bananeiro (PEN) e por aí vai.
Entre os candidatos a Deputado Federal, tem o Carlos Nobreza (PRP); José Rico (PMDB), o sertanejo da dupla com Milionário; Marcelo do Sacolão (PSC) e Zazá (PSOL), entre os nomes diferentes que os candidatos optaram para serem reconhecidos no momento do voto pela urna eletrônica.
Engraçados, curiosos ou diferentes a realidade é que todos são, democraticamente, candidatos e estão colocando os seus nomes numa disputa eleitoral. O que já é, sem dúvida, uma vitória. E, é claro, a decisão do eleitor não deve levar em conta somente o nome, mas também a biografia e as propostas dos candidatos. E, no final, que vença o melhor.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Câmara aprova reunificação de fundos previdenciários e repasse de imóveis

21/02/2019

Embora, ainda, dependa de sanção do prefeito Roberto Naves, a Prefeitura não fará mais aportes mensais de mais de três m...

Goiás tem compliance na gestão pública

21/02/2019

Na última segunda-feira,18, o governador Ronaldo Caiado assinou o decreto que institui o Programa de Compliance do Poder Exe...

Enel recebeu novas e pesadas críticas na Câmara Municipal esta semana

21/02/2019

Mais uma vez, a Enel Distribuição Goiás dominou a pauta de debates na Câmara Municipal de Anápolis. Na sessão da últim...

Assembleia dá início à legislatura de 2019

14/02/2019

O recesso parlamentar encerra-se nesta sexta-feira,15, com a realização da primeira sessão ordinária de 2019. O ano marca...