(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Câncer de pele: Exame preventivo é de suma importância

Saúde Comentários 28 de novembro de 2014

Dia 29 de novembro será celebrado o Dia Nacional de Combate ao Câncer de Pele, o mais comum de todos os tipos de câncer


O Instituto Nacional de Câncer – INCA – afirma que o câncer da pele apresenta mais casos no Brasil do que os outros 17 tipos de câncer. Segundo estimativa, este ano 182.130 novos casos de pele não melanoma devem surgir no Brasil. São Paulo é o estado com o maior índice com 47.730 novos casos, seguido do Rio de Janeiro com 27.320.
“A exposição do sol de forma inadequada é o principal vilão da pele e a responsável pelo câncer de maior incidência no Brasil”, afirma o dermatologista da Clínica Mais Excelência Médica, Newton Morais, membro da Academia Brasileira de Dermatologia. Segundo ele, a radiação ultravioleta é a principal responsável pelo surgimento dos tumores e a maioria dos casos está associada a exposição excessiva ao sol, incluindo o uso das câmaras de bronzeamento. “Apesar de ser o câncer que apresenta mais casos no Brasil, ele pode ser curado com facilidade se detectado precocemente, por isso a necessidade de fazer o auto exame regular para perceber alguma alteração na pele como pintas irregulares, feridas que não cicatrizam ou sinais suspeitos”, alerta Morais.
Somente um exame clínico com o especialista pode diagnosticar o câncer da pele, porém é importante ficar atento se alguma lesão de pele sangra facilmente, pintas pretas ou castanhas que mudam de cor ou a uma mancha ou ferida que não cicatriza. “Existe uma metodologia para identificar sinais perigosos chamada de regra ABCD”, explica o especialista.
A – Assimetria da pinta: Assimétrico (maligno), Simétrico (benigno);
B – Borda: Irregular (maligno), Regular (benigno);
C – Cor: Dois tons ou mais (maligno), Tom único (benigno);
D – Dimensão: Superior a 6mm (maligno), Inferior a 6mm (provavelmente benigno)
“Nenhum exame caseiro substitui a consulta e avaliação médica, porém fique sempre atento a essas dicas e qualquer dúvida procure o seu médico de confiança”, alerta o dermatologista.
Ainda segundo o especialista é necessário adotar medidas simples de proteção dos raios ultravioletas. “Usar chapéus, camiseta e protetores; evitar a exposição do sol entre 10h e 16h; usar filtro solar diariamente com fator de proteção acima de 30, reaplicando o produto a cada duas horas no mínimo; observar a própria pele e ficar atento as alterações; manter os bebês protegidos do sol e consultar um dermatologista uma vez ao ano para exames completos são algumas dicas preciosas de prevenção”, avisa Newton.
As pessoas com pele clara, sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros estão no grupo de maior risco, além daquelas que possuem antecedentes familiares com histórico da doença. “Queimaduras solares, incapacidade para bronzear e pintas também devem ter atenção e cuidados redobrados”, alerta o especialista. Atualmente há diversas opções para o tratamento e normalmente a maior parte deles pode ser tratada com procedimentos simples.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Saúde realiza vacinação contra a gripe até dia 26 de maio

19/04/2017

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou na última segunda-feira, 17, e as vacinas estão disponívei...

Vereadora consegue recursos para castração de animais

19/04/2017

A vereadora Thaís Souza (PSL) conseguiu junto ao deputado estadual Lincoln Tejota (PSD), uma emenda de R$ 180 mil será dest...

Medo da febre amarela? tire suas dúvidas

07/04/2017

Desde 1980 o Brasil não registrava um surto tão grande de febre amarela. De dezembro para cá, houve 2 104 casos notificado...

Dengue recua, mas a população ainda precisa ficar atenta e manter o combate

07/04/2017

A população anapolina pode comemorar. Os registros oficiais da Secretaria Estadual de Saúde, referentes à semana 13- de 0...