(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Campanha previne câncer de pele

Saúde Comentários 03 de dezembro de 2009

Município está engajado na 11ª Campanha Nacional de Prevenção do Câncer da Pele, que mobilizará cerca de 1,5 mil dermatologistas no país, realizando atendimentos gratuitos


Anápolis é um dos quatro municípios do Estado que irá participar da 11ª edição da Campanha Nacional de Prevenção do Câncer da Pele. Neste sábado, 5, das 9 às 16 horas, dermatologistas da cidade realizam atendimentos gratuitos na Unidade Oncológica. O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde.
Os municípios de Goiânia, Rio Verde e Ceres também participam da iniciativa, com atendimentos em pontos definidos em cada cidade. Serão oferecidos exames da pele e orientações sobre os cuidados com a exposição solar, prevenção e descoberta precoce da doença. De acordo com a presidente da SBD em Goiás, Dra. Marilene Chaves Silvestre, a alta incidência do câncer de pele vem mantendo devido à falta de cuidados dos adultos de hoje durante a infância e a juventude. A expectativa é de que esse quadro mude em cerca de 30 anos, quando os jovens que atualmente se protegem do sol estiverem com idade mais avançada.
A campanha é uma das ações de um projeto maior da SBD, o Programa Nacional de Controle do Câncer da Pele (PNCCP), criado em 1999. Desde então, a Sociedade realiza ações diferenciadas com o objetivo de diminuir, a longo prazo, o número de casos do câncer de pele. O programa tem o objetivo de estimular a prevenção, de forma a evitar a incidência do câncer no futuro. Ou seja, evitar que o câncer ocorra.
Os atendimentos do dia 5 de dezembro terão foco principal no grupo de risco, composto geralmente por pessoas de pele clara, com manchas, casos de câncer de pele na família ou quadro anterior da doença. Inclusive, para quem quiser fazer um teste, o site da SBD disponibiliza uma calculadora de risco para câncer da pele. Dessa maneira, a população pode saber qual é a probabilidade de ser portadora da doença ou de apresentá-la no futuro.
No último ano, foram feitos mais de 40 mil atendimentos em todo o Brasil, sendo 2.800 em Goiás. A campanha de 2009 será submetida ao Guiness como recordista em atendimentos à comunidade. Entretanto, avalia Dra. Marilene Silvestre, o objetivo central da campanha é estimular a prevenção. “Queremos interferir na incidência da doença, estimulando o processo de prevenção primária. Evitar que o câncer ocorra, lembrando a importância do uso de protetor solar, roupas e chapéus na exposição ao sol”. A vestimenta adequada é tão importante quanto a aplicação do filtro solar.

O câncer da pele
Câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, surgem os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares; o mais perigoso é o melanoma. A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer e o envelhecimento da pele. Ela se concentra nas cabines de bronzeamento artificial e nos raios solares.
O carcinoma basocelular é o tipo mais freqüente, e representa 70% dos casos. É mais comum após os 40 anos, em pessoas de pele clara. Seu surgimento está diretamente ligado à exposição solar cumulativa durante a vida. Apesar de não causar metástase, pode destruir os tecidos à sua volta, atingindo até cartilagens e ossos.

Já o carcinoma espinocelular, o segundo tipo mais comum de câncer da pele, pode se disseminar por meio de gânglios e provocar metástase. Entre suas causas, estão a exposição prolongada ao sol, principalmente sem a proteção adequada; o tabagismo; exposição a substâncias químicas com arsênio e alcatrão e alterações na imunidade.
O melanoma é o tipo mais perigoso, com alto potencial de produzir metástase. Pode levar à morte se não houver diagnóstico e tratamento precoce. É mais freqüente em pessoas de pele clara e sensível. Normalmente, inicia-se com uma pinta escura.

Como identificar o câncer da pele
Além da proteção solar, é importante fazer uma avaliação clínica da pele para prevenir o desenvolvimento da doença. É preciso estar atento a alguns sinais:
•Um crescimento na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida;
•Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;
•Uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

SERVIÇOS


A campanha em Anápolis
Unidade Oncológica de Anápolis
Atendimento das 8 às 16 horas.
Coordenador: Dr. Aguinaldo Pereira
Informações: (62) 3324 3074

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Mudanças no programa Farmácia Popular preocupam vereadores

22/06/2017

O Vereador Antônio Gomide (PT) falou na tribuna, na última segunda-feira, 19, sobre o possível fechamento da Farmácia Pop...

Município anuncia importantes reformulações na área da saúde

15/06/2017

Uma das áreas mais sensíveis da Administração, a pasta da Saúde, tem desafios que extrapolam os limites do Município. P...

Anvisa ouve reivindicações dos laboratórios goianos

15/06/2017

Anápolis recebeu, no último dia 09, a presença do médico sanitarista e epidemiologista, Jarbas Barbosa da Silva Júnior, ...

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...