(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Campanha já está liberada, mas só deve esquentar nos próximos dias

Política Comentários 06 de outubro de 2016

Candidatos eleitos para o segundo turno, João Gomes (PT) e Roberto do Órion (PTB), estão alinhavando os pontos para a retomada da busca ao voto dos anapolinos


Apesar de a campanha já estar liberada para que os candidatos possam retomar a busca dos votos para a decisão da eleição em Anápolis, em segundo turno, a movimentação, por enquanto, é maior nos bastidores. De um lado, as equipes de marketing traçam as estratégias a serem levadas às ruas para o convencimento do eleitor e, de outro, os candidatos trabalham para reformar os apoios políticos. Neste tocante, até o fechamento da edição, na quinta-feira,06, ainda não havia nada de oficial sobre os candidatos que foram derrotados, para apoiar os dois vencedores do primeiro turno: João Gomes (PT) e Roberto do Órion (PTB).
A campanha de rua mesmo, com caminhadas, carreatas e comícios, deve se intensificar a partir da semana que vem. Segundo o juiz eleitoral Algomiro Carvalho Neto, a propaganda de rádio e televisão, conforme acordo feito entre as representações das duas candidaturas, vai ocorrer no dia próximo dia 15. Em princípio, cada candidato terá 10 minutos diários (inclusive aos domingos), para apresentarem as suas propostas. Contudo, este tempo diário pode ser reduzido para cinco minutos e o restante, distribuído nas chamadas pílulas, o que reduziria o custo de produção da propaganda e de tempo gasto pelos candidatos para as gravações do material a ser exibido. Mas, esta redução ainda não é oficial.
A campanha no horário gratuito de rádio e televisão, de acordo com o calendário eleitoral, terminará no dia 28 próximo. Também se encerra neste prazo a realização de debates, os quais não poderão se estender além da meia noite. E, ainda, este é o último prazo também para divulgação de propaganda na imprensa escrita.
No dia 29, véspera da eleição, os candidatos ainda poderão fazer propaganda por meio de serviços de alto-falantes e amplificadores, no período das 08 às 22 horas, e também a distribuição de material gráfico, promoção de caminhadas, carreatas, e propaganda em carro de som.
Além dos candidatos e partidos, a realização do segundo turno também provoca movimentação na Justiça Eleitoral, que fará em breve a nova recarga e lacre das urnas eletrônicas que serão utilizadas na votação do dia 30. O rito é praticamente o mesmo do que foi adotado no primeiro turno, com a diferença de que, agora, são apenas os dados dos dois candidatos e dos votantes. Com menos candidaturas, o tempo para o eleitor votar também será reduzido e o resultado da votação, deve também ser um pouco mais acelerado. Assim, a expectativa é que, no dia da eleição, no começo da noite, Anápolis já saiba por quem será governada pelos próximos quatro anos: João Gomes ou Roberto do Órion?

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Derrota nas urnas e prisão. O inferno astral vivido por Marconi Perillo

11/10/2018

O ex-governador de Goiás por quatro mandatos, ex- Senador e ex-deputado Federal, Marconi Perillo (PSDB), vive um verdadeiro ...

Bezinho, suplente de Kajuru, fala sobre vitórias e projetos

11/10/2018

Considerado um fenômeno nas urnas das eleições deste ano, o vereador de Goiânia, Jorge Kajuru Reis da Costa Nasser, ocupa...

Vanderlan diz que revisão do pacto federativo é uma das prioridades, caso seja eleito no domingo

08/10/2018

Postulante ao Senado da República, Vanderlan Cardoso (PP) cumpriu uma extensa agenda de campanha em Anápolis, na última te...

Votar nulo ou branco não faz diferença

08/10/2018

Todo ano de eleição surgem as mesmas dúvidas: se mais da metade dos eleitores votarem em branco ou anularem o voto, a elei...