(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Campanha incentiva aleitamento materno

Saúde Comentários 10 de agosto de 2012

Em comemoração à Semana do Aleitamento Materno, a Secretaria Municipal de Saúde realizará no Parque Ipiranga dia de conscientização


A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Faculdade de Medicina da UniEvangélica, promove neste sábado, 11, o Dia D do Aleitamento Materno. O evento acontece no Parque Ipiranga, das 8 às 13 horas. Na ocasião, as mulheres receberão orientações sobre a importância da amamentação.
A ação tem o objetivo de mostrar ao público feminino que amamentar é sinônimo de saúde. A coordenadora do Banco de Leite do Município, Marluce Machado, explica que as ações de incentivo ao aleitamento materno são importantes tanto para as mães quanto para as crianças.
Segundo ela, nas mulheres a amamentação pode ser muito benéfica e diminui o risco de doenças como câncer de útero, anemia e depressão pós-parto, osteoporose, diabetes tipo 2, entre outras doenças. Para as crianças, o leite materno é um alimento completo até os seis meses. “Também evita algumas doenças como obesidade, alergias e hipertensão”, completa Marluce Machado.

Banco de Leite
Recentemente, o Banco de Leite do Município foi transferido para Centro de Apoio Integral à Saúde – CAIS Mulher, no Bairro Maracanã, inaugurado no mês passado. Com a nova estrutura, a unidade vai aumentar a coleta, realizar a pasteurização e oferecer um melhor atendimento às mães e crianças.
O Banco de Leite recebe mensalmente a doação de mais de 60 litros de leite, que são distribuídos para crianças que estão internadas em UTIs neonatal e não podem ser amamentadas pelas mães. Segundo a coordenadora da unidade, Marluce Machado, por isso é importante que cada vez mais mulheres doem leite materno. “Aquelas que tiverem interesse devem procurar o Banco de Leite”, orienta.
Outro serviço importante prestado pelo Banco de Leite do Cais Mulher é o atendimento às mães. Cerca de 100 palestras foram realizadas na unidade no último mês. Além disso, elas contam com atendimento especializado na orientação sobre as técnicas de amamentar. “Aconselhamos mais de 150 mães todo mês”, conta Marluce Machado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...

Dengue recua, mas população não deve baixar a guarda

26/05/2017

Em que pese as estatísticas demonstrem um recuo bastante significativo de casos de dengue em Goiás e, particularmente, em A...

Infectologia tem jornada sábado

18/05/2017

A Sociedade Goiana de infectologia realiza neste sábado, 20, a I Jornana de Infectologia de Anápolis. As palestras têm por...

Como superar o fim de um relacionamento?

27/04/2017

Ter o ‘coração partido‘ é uma das experiências mais traumáticas da vida. No entanto, de acordo com um estudo da Univ...