(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Campanha de orientação aos carnavalescos

Saúde Comentários 12 de fevereiro de 2010

Mesmo sem tradição de grandes eventos, Secretaria da Saúde mantém trabalho de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis


Apesar de a cidade de Anápolis não ter um clima carnavalesco muito intenso, a Secretaria Municipal de Saúde, através do Programa DST/Aids iniciou a campanha preventiva para o período mais cedo este ano, incluindo no roteiro, até os bailes pré-carnavalescos
Durante a última semana, segundo informou a coordenadora do programa, Abilene Machado Teixeira, material impresso de cunho educativo e preservativos foram distribuídos em empresas, nas Unidades Básicas de Saúde e também para o Programa de Agentes Comunitários de Saúde. Na última quarta-feira, foram realizadas palestras no Hospital Municipal “Jamel Cecílio” e no Porto Seco Centro-Oeste, onde também foi montado um stand, com material informativo. O local recebe, diariamente, um grande fluxo de caminhoneiros vindos de diversas partes do país.
Nesta sexta-feira,12, início do calendário de carnaval, o trabalho terá prosseguimento com a distribuição de material educativo sobre doenças sexualmente transmissíveis na BR-153, junto ao posto da Polícia Rodoviária Federal, que abre também a sua campanha de orientação aos motoristas que vão pegar a estrada durante o feriado prolongado das festividades de momo. No sábado e na terça-feira, serão montados standes de educação em saúde no Parque Aquático da Unidade do Sesc, com apoio da Sociedade Oásis, que também participa de outras atividades preventivas com o Programa DST/Aids do município.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...

Dengue recua, mas população não deve baixar a guarda

26/05/2017

Em que pese as estatísticas demonstrem um recuo bastante significativo de casos de dengue em Goiás e, particularmente, em A...

Infectologia tem jornada sábado

18/05/2017

A Sociedade Goiana de infectologia realiza neste sábado, 20, a I Jornana de Infectologia de Anápolis. As palestras têm por...

Como superar o fim de um relacionamento?

27/04/2017

Ter o ‘coração partido‘ é uma das experiências mais traumáticas da vida. No entanto, de acordo com um estudo da Univ...