(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Câmara Municipal adota sistema informatizado

Geral Comentários 18 de maro de 2011

Com essa novidade, população poderá acompanhar de forma mais transparente as atividades dos vereadores e o andamento dos projetos que estão em tramitação na Casa


Até o final deste primeiro semestre, a Câmara Municipal estará, finalmente, integrada a um sistema informatizado que vai permitir a redução da burocracia por papel e o acompanhamento mais fácil dos projetos e documentos produzidos pela Casa de Leis. Será um procedimento semelhante ao que já foi adotado pelo Poder Judiciário.
O presidente da Câmara Municipal, vereador Amilton Batista (PTB), explicou que todos os projetos e documentos que derem entrada, serão registrados no protocolo eletronicamente. Em relação aos projetos, depois que os mesmos forem admitidos no sistema, poderão ter a sua tramitação acompanhada on-line, ou seja, será possível saber em qual comissão está a proposta, os pareceres que foram dados, se já foi votado em plenário e, neste caso, o resultado da votação também será fornecido.
“É um mecanismo que reduzirá significativamente o uso de papel e tornará as nossas ações mais transparentes para a sociedade”, ressaltou Amilton Batista, lembrando que tudo poderá ser acessado por qualquer pessoa no Brasil e fora do país, através do site da Câmara Municipal. O vereador considera um grande avanço para o processo legislativo, inclusive, o arquivamento e a disponibilização das leis sancionadas e promulgadas. Também será uma ferramenta que vai possibilitar à população avaliar o trabalho dos vereadores.
O presidente observa que, para esse novo sistema entrar em operação, no entanto, será realizado um esforço concentrado objetivando treinar os servidores. Amilton Batista destacou que uma pesquisa foi feita e constatou que uma parcela significativa dos funcionários tem dificuldade em acessar o site da própria Câmara. “Vamos ter de criar uma rotina de cursos para que o nosso quadro possa operacionalizar o novo sistema”, disse. Inclusive, um projeto de resolução já foi aprovado, contendo todas as diretrizes para a implantação do processo de informatização.

Bairros
O vereador anunciou, ainda, a volta do programa da Câmara Itinerante que, segundo observa, terá um novo nome “Câmara nos Bairros” e nova concepção. “As reuniões não terão o caráter de sessões ordinárias, mas de sessões especiais”, explica, observando que com isso o gasto na realização e a logística dos eventos serão drasticamente reduzidos. E a população continua ganhando com o contato direto com os seus representantes.
Amilton Batista adianta que cada vereador poderá solicitar a estrutura do programa Câmara nos Bairros e a mesma será oferecida, principalmente, no que diz respeito ao aparato de divulgação, de forma planejada, a cada semana.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...