(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Câmara aprova mais recursos para 2012

Política Comentários 11 de novembro de 2011

Projeto aprovado na Câmara de Vereadores prevê para o ano que vem, uma estimativa recorde de receita, de quase R$ 800 milhões. Saúde terá a maior parte dos investimentos


A Câmara Municipal aprovou, em segundo e último turno de votação, na última quarta-feira,9, o projeto de lei que dispõe sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2012, com a estimativa de receitas e despesas. Segundo o texto aprovado- o qual recebeu 37 emendas apostas pelos vereadores – o Prefeito Antônio Gomide deverá contar com uma dotação orçamentária de 798 milhões 355 mil 736 reais. É um orçamento recorde, 11,91% maior do que a previsão feita para o exercício de 2011, que foi de 713 milhões 388 mil 701 reais. Para se ter uma ideia da evolução, a LOA de 2010 previu receita de 445 milhões 230 mil 939 reais.
Para o ano que vem, a maior parte das receitas será direcionada para o setor da saúde, cuja dotação prevista na LOA é de R$ 165,9 milhões. Em seguida vem a área de educação, com receitas e despesas estimadas em R$ 135 milhões. Para investimentos em infraestrutura e urbanismo, proposta orçamentária prevê uma dotação de R$ 102,4 milhões. As despesas com o Legislativo estão estimadas em R$ 14,8 milhões.
Segundo a justificativa encaminhada pelo Prefeito Antônio Gomide, a elevação da estimativa de receitas e despesas do Município para o ano que vem, foi considerado com base no crescimento da receitas nos exercícios de 2008, 2009 e 2010. O projeto aprovado pelos vereadores dá margem para operações de crédito adicional de até 50% do valor orçado e ainda prevê a possibilidade de o Executivo realizar operações de crédito por antecipação de receita até o limite de 25% do total orçado.
Com o orçamento mais elástico, o Prefeito Antônio Gomide terá instrumento para celebrar convênios em nível estadual e federal, para obter recursos e tocar projetos importantes no último ano de seu mandato, como o asfaltamento dos bairros que ainda não contam com o benefício, bem como os projetos já definidos para a área de saneamento básico (água e esgoto).

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Nova estrutura administrativa entra na pauta de sessão extra na Câmara

17/01/2019

Nesta sexta-feira, 18, a Câmara Municipal se reúne em sessão extraordinária, para a apreciação de 10 projetos que trami...

Mudanças na equipe no início da segunda metade do governo

17/01/2019

Na segunda parte de seu mandato, o Prefeito Roberto Naves está promovendo uma série de mudanças na estrutura da máquina a...

Núcleo de assessoria é a principal novidade da Reforma Administrativa

17/01/2019

Uma das principais mudanças na estrutura da Administração Municipal, a criação de um núcleo composto por seis assessori...

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...