(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Câmara apresenta maket do novo prédio

Política Comentários 27 de abril de 2012

O primeiro dos três módulos deverá ser construído este ano, para receber, no ano que vem, os 23 vereadores que serão eleitos em outubro próximo


A Câmara Municipal deverá estar de “cara nova” para receber os 23 vereadores que serão eleitos no pleito de sete de outubro próximo. A maket do prédio do Poder Legislativo, foi apresentada pelo Presidente da Casa, vereador Amilton Batista (PTB), em solenidade que contou com a presença do Prefeito Antônio Gomide (PT), além de vários vereadores, secretários municipais, dentre outras autoridades.
Segundo informou Amilton Batista, cerca de R$ 3 milhões já estão disponibilizados para serem empregados no primeiro módulo da obra, de um total de três. O investimento total previsto é de R$ 14 milhões. O dinheiro é proveniente de um fundo que foi criado em 2009, com repasses do próprio Legislativo e da Prefeitura. O novo prédio da Câmara Municipal terá um plenário com capacidade de acomodar em torno de 270 pessoas que será utilizado, exclusivamente, para as atividades do processo legislativo. Para os eventos e reuniões, haverá um auditório com 300 lugares. Além disso, o prédio terá entradas abertas e privativas que poderão ser utilizadas pelos vereadores, meios de acessibilidade, incluindo dois gabinetes adaptados para receber vereadores portadores de deficiência.
O Prefeito Antônio Gomide, que foi vereador, disse que a obra marcará o fim de um período de angústia, em razão das condições precárias que o atual prédio oferece. “O desejo de ter uma Câmara Municipal decente não é do Presidente, não é meu, mas é, sim, um desejo de toda a sociedade”, frisou o Chefe do executivo. E, de fato, os vereadores irão ganhar melhores acomodações. Os gabinetes que hoje têm em média 12 metros quadrados, terão cerca de 28 metros quadrados. De acordo com Gomide, a intenção é licitar ainda este semestre, para que haja o início das obras e a entrega do primeiro módulo no começo do ano que vem.
“Mais do que uma briga política, tínhamos aqui uma briga pelos melhores gabinetes”, brincou Amilton Batista, salientando que a parceria entre a Câmara Municipal e a Prefeitura para esta obra é fundamental, já que o Poder Legislativo não tem a prerrogativa de executar obras e nem recursos orçamentários para tal empreitada. Segundo ele, o novo prédio da Câmara será um novo cartão postal da cidade. “Assim como as pessoas vão tirar as fotos do Parque Ipiranga, elas virão aqui fotografar o nosso prédio que ficará muito bonito”, afiançou.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Nova estrutura administrativa entra na pauta de sessão extra na Câmara

17/01/2019

Nesta sexta-feira, 18, a Câmara Municipal se reúne em sessão extraordinária, para a apreciação de 10 projetos que trami...

Mudanças na equipe no início da segunda metade do governo

17/01/2019

Na segunda parte de seu mandato, o Prefeito Roberto Naves está promovendo uma série de mudanças na estrutura da máquina a...

Núcleo de assessoria é a principal novidade da Reforma Administrativa

17/01/2019

Uma das principais mudanças na estrutura da Administração Municipal, a criação de um núcleo composto por seis assessori...

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...