(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Caixa anuncia redução da taxa de juros

Geral Comentários 20 de setembro de 2018

De acordo com a instituição financeira, as novas taxas começam a valer a partir do dia 24 para imóveis do crédito imobiliário


A Caixa Econômica Federal anunciou a redução de 0,75 p.p. das taxas de juros do crédito imobiliário para aquisição de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), desde que o valor de avaliação do imóvel seja de até R$ 1,5 milhão. As taxas mínimas do SFI passarão de 9,5% a.a para 8,75% a.a. As novas taxas começam a valer a partir de próximo dia 24.
De acordo com o presidente do banco, Nelson Antônio de Souza, a redução das taxas de juros facilitam ainda mais o acesso à casa própria e antecipa as condições negociais da Resolução nº 4.676/18 do Conselho Monetário Nacional(CMN). “As mudanças propostas pelo Governo significam novas oportunidades para o setor imobiliário. O objetivo é melhorar as condições de financiamento para nossos clientes em todo país e continuar fomentando a retomada de investimentos do setor da Construção Civil.”, afirma.
Em abril, a Caixa reduziu em até 1,25 p.p. as taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). O banco também promoveu melhoria das condições no financiamento de imóveis para pessoa física. O limite de cota de financiamento do imóvel usado subiu de 50% para 70%. A Caixa também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%.
Em julho o banco reduziu em média de 1 a 2 pontos percentuais ao ano as taxas do crédito imobiliário para pessoa jurídica. Em agosto , promoveu uma redução de até 0,5 p.p. das taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). O limite de cota de financiamento de imóveis usados para pessoa física também subiu de 70% para 80%.
Este ano, a Caixa possui R$ 85 bilhões disponíveis para o crédito habitacional. No primeiro semestre de 2018 já foram contratados mais de R$ 40 bilhões. O banco mantém a liderança no setor com cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.
Estão enquadrados no SFH os imóveis residenciais de até R$ 800 mil, para todo país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde o limite é de R$ 950 mil. Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA promove IV Semana Internacional

18/10/2018

A UniEVANGÉLICA irá realizar de 22 a 26 de outubro a 4ª edição da sua Semana Internacional, com o tema: ‘Um mundo mais...

Cemitérios são preparados para o Dia de Finados

18/10/2018

Em meio às atribulações do dia a dia, milhares de pessoas farão uma pausa em 2 de novembro, Dia de Finados, para homenage...

Estradas vicinais recebem melhorias

18/10/2018

Os produtores e moradores da zona rural têm experimentado mais tranqüilidade e segurança ao transitar pelas estradas vicin...

Enel é obrigada a religar energia a residência em Anápolis

18/10/2018

Em Anápolis, juiz Eduardo Walmory Sanches, da 1ª Vara Cível, determinou que a Enel Distribuição Goiás, restabeleça o f...