(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cadastro para o Passe Livre vai terminar no dia 10 de março

Geral Comentários 16 de fevereiro de 2018

Documento garante 50% de gratuidade no transporte público; para obter 100%, é necessário possuir Cartão Urban


Os estudantes de Anápolis interessados em obter os benefícios do programa Passe Livre Estudantil, que garante 50% de gratuidade no transporte público, podem se cadastrar até o dia 10 de março nas unidades do Rápido e do Vapt-Vupt. Para efetivar a inscrição é preciso apresentar o Cartão Estudantil da Urban, documentos de identificação e, se menor de idade, estar acompanhado dos pais ou de um responsável. É importante destacar a obrigatoriedade do Cartão Urban, que garante meia passagem, para se cadastrar no programa Passe Livre Estudantil e, aí sim, garantir 100% de gratuidade. A empresa está realizando cadastramento e revalidação do documento até dia 2 de março. Quem vai apenas renovar deve ir ao posto de vendas da Urban, no Terminal Urbano. A empresa solicita a apresentação de documento de identificação original, cópias do CPF e do Cartão Urban, declaração de matrícula assinada e carimbada pela direção da escola, e a ficha de renovação, disponível no local, preenchida.
Os estudantes que não possuem o Cartão Urban têm que levar toda a documentação até a Secretaria de Desenvolvimento Social (ao lado do Terminal Urbano). Segundo informações da empresa, o benefício não será concedido para estudantes que residem no mesmo bairro e/ou a menos de 1.500 metros da escola.
Confira, a lista de documentos necessários: - Documentos originais de identificação acompanhados de fotocópia legível: Identidade; CNH; Certidões de nascimento serão aceitas apenas para menores de idade e com a identidade de um dos pais; - Cópia do CPF; - Comprovação do endereço com fotocópia em nome do estudante, dos pais ou responsável legal, podendo ser: conta de água, energia elétrica ou telefone; - Contrato de aluguel (que esteja em vigor) cedendo o imóvel ao estudante, pais ou responsável, com firma do proprietário do imóvel reconhecida em cartório, acompanhado de um comprovante de endereço válido no nome do proprietário do imóvel; - Declaração do proprietário do imóvel afirmando que o estudante mora em sua residência, com firma reconhecida em cartório, acompanhado de um comprovante de endereço válido; - Declaração de matrícula assinada e carimbada por responsável da escola; - Preenchimento da Ficha de Cadastro Estudantil.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...