(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cadastro Imobiliário utiliza veículo para verificar edificações pela Cidade

Geral Comentários 23 de agosto de 2018

Objetivo é percorrer todos os bairros para verificar imóveis em situação irregular


A Prefeitura de Anápolis dispõe agora de uma veículo adptado para o programa Cadastro Imobiliário, iniciativa que tem como objetivo percorrer todos os bairros da cidade para verificar quais imóveis estão sendo construídos sem Alvará e Habite-se. Os documentos são necessários para o pagamento de tributos, como o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), Imposto Territorial Urbano (ITU) e Taxa de Serviços Urbanos (TSU).
Conforme Geraldo Lino, secretário municipal da Fazenda, esse trabalho é fundamental e tem como princípio promover a justiça tributária. “Se alguém construir um imóvel e não informar à Prefeitura, os demais cidadãos estarão pagando pela coleta e o tratamento do lixo dele. Isso não é justo”, explicou o titular da pasta.
Geraldo destaca ainda que com essa ação efetiva será possível até diminuir o valor pago na TSU, que se refere à coleta e tratamento do lixo urbano. “Outra vantagem é que, com o aumento da arrecadação, mais recursos podem ser destinados à educação e à saúde, e para investimentos importantes como, por exemplo, o asfalto”, conclui o secretário da Fazenda.
O gerente do Cadastro Imobiliário, Thiago Guimarães, reforçou que o ideal é que o indivíduo, antes de começar a construir, deve ir a qualquer uma das quatro unidades do Rápido em Anápolis, para requerer o Alvará no início da obra – e o Habite-se ao concluí-la. “Esta é a atitude mais inteligente, uma vez que obras irregulares podem acarretar em multas”, disse.

Formato
O Cadastro Imobiliário já existia, mas os funcionários utilizavam motocicletas e transporte público para realizar o serviço, o que demandava muito tempo. Com a locação desse veículo, o Programa se torna mais ágil e eficiente na localização dos imóveis, garantindo a fiscalização e, consequentemente, a justiça tributária que é sua principal proposta.
A equipe agora é formada por 15 cadastradores imobiliários, que farão o planejamento estratégico antes de começar esta nova etapa. A expectativa é que em um ano, cerca de 400 bairros já tenham sido visitados.
A Prefeitura de Anápolis vem investindo cada vez mais na conscientização da população. Em 2017, foi aprovada a Lei que estabelece o programa Contribuinte Legal, no qual possui três principais vertentes.
A primeira delas valoriza o bom contribuinte e incentiva os moradores a pagar o IPTU e ITU do seu imóvel em dia, dando um desconto de 5% no ano posterior ao pagamento. Vale lembrar que o IPTU, é um dos impostos que configuram maior fonte de arrecadação para um município.
O programa Educação Fiscal, é outra iniciativa que visa ir a escolas para ensinar as crianças sobre a importância da responsabilidade do cidadão com os tributos, e como eles contribuem para a melhora da qualidade de vida da população.
Além disso, entre outubro e novembro será implementada a Nota Anapolina Premiada, que dará prêmios para o contribuinte que solicita a nota fiscal de serviços.
“Com o programa Contribuinte Legal queremos despertar no cidadão a importância que o imposto tem para manter a qualidade de excelência na qualidade da prestação de serviço do seu cidadão”, ressaltou o secretário municipal da Fazenda, Geraldo Lino.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...