(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Brasil Norte ganha nova pista no projeto de mobilidade

Cidade Comentários 12 de julho de 2018

Obras correm contra o tempo, ante que chegue a estação chuvosa. O objetivo é desafogar o trânsito na região


É grande o volume de serviços de infraestrutura ao longo de toda a Avenida Brasil Norte. Ele faz parte do projeto de mobilidade urbana que prevê ao alargamento da via (a mais movimentada de Anápolis) com a criação de alças auxiliares para o trânsito urbano da região, assim como pra facilitar o escoamento do tráfego advindo das regiões Norte, Nordeste e Leste, que aglomeram mais de duas dezenas de bairros densamente populosos. Especificamente na parte Norte da Avenida, o desgaste de um trânsito parcialmente complicado pelas obras de alargamento vai garantir melhor fluidez do tráfego de veículos, notadamente para o transporte coletivo de passageiros.
Assim que for concluído o projeto, o deslocamento, via BRT, por meio do corredor exclusivo, possibilitará o conforto que as pessoas que transitam entre os bairros e o centro, hoje, não têm. De acordo com a empresa Jofege, responsável pela obra, outubro é o mês limite para a conclusão.
Tem-se como certo que desde o viaduto de acesso ao Bairro Recanto do Sol, em direção ao centro da Cidade, já foram concluídos dois terços do trecho que recebe a terceira faixa. Enquanto isso, faz-se algumas correções em pontos da faixa central, para o atendimento às exigências técnicas do projeto que prevê o corredor exclusivo para ônibus. E, para diminuir-se o impacto no trânsito durante a intervenção foi interrompido o fluxo, apenas no trecho onde se realiza o serviço, ou seja, inicia-se um após a conclusão do outro. Da mesma forma, os locais destinados ao retorno dos condutores, é liberado, de acordo com a evolução do trabalho.
A parte final da terceira faixa, que fica após o cruzamento com a Rua Brasil, continua em direção ao viaduto Nélson Mandela. No encontro das duas vias, no entanto, será introduzida, dentro de alguns dias, outra grande estrutura de drenagem, com rede para a captação de águas pluviais com cerca de 500 metros de extensão. Neste caso, ainda não foram definidos os prazos para a realização, mas, quando chegar o momento, a Prefeitura fará ampla divulgação para que se cause o mínimo de impacto na rotina da população.

Autor(a): Nilton Pereira

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...