(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Bolsa Família: Recadastramento será encerrado nesta sexta-feira

Geral Comentários 16 de janeiro de 2015

Beneficiários devem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social


A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social realiza somente até nesta sexta-feira,16, o recadastramento do programa Bolsa Família. A ação garante o acesso ao benefício, por isso os cadastrados devem buscar o quanto antes atualizar suas informações.
O responsável pela família beneficiada pelo programa deve procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na Rua General Joaquim Inácio, nº 206, Centro, próximo ao Terminal Urbano. A pessoa deve apresentar os documentos originais de todos os membros da família, além da caderneta de vacinação das crianças que tenham até 06 anos de idade. A declaração de frequência escolar e/ou matrícula das crianças e adolescentes maiores de 06 anos também devem ser apresentadas.
Quem recebeu o aviso e não atualizar as informações poderá ter o beneficio bloqueado a partir de fevereiro. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome, até novembro, dos 1,2 milhão de beneficiários que devem recadastrar os dados, 709,7 mil haviam procurado os gestores do programa para a atualização.
A revisão é feita todos os anos com foco nos beneficiários que não atualizam os dados no Cadastro Único há mais de dois anos. Quem não recebeu o aviso no extrato de pagamento está com as informações em dia.
Todos os beneficiários do programa devem atualizar o cadastro voluntariamente a cada dois anos ou a cada vez que nascer um filho, houver mudança de escola, alteração no endereço residencial ou qualquer informação relevante.
Além do Bolsa Família, a falta de atualização do cadastro implica perda de outros benefícios, como a tarifa social de energia elétrica.
A atualização cadastral é um dos mecanismos de controle do Bolsa Família. Qualquer alteração – como mudança de endereço ou de renda, localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar ou composição familiar – deve ser comunicada à gestão municipal.
A cada dois anos, o responsável pelo benefício precisa atualizar ou confirmar seus dados junto à prefeitura, para que continue recebendo o pagamento do programa.
Apenas devem fazer a atualização das informações os beneficiários que recebem avisos no extrato de saque do Bolsa Família, que são os que não atualizam os dados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal há mais de dois anos.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...